Imagens do espaço mostram superlotação e pessoas sem máscara, descumprindo medidas de combate e prevenção à Covid-19

A Força-Tarefa que fiscaliza as medidas em vigor para combate e prevenção à Covid-19 notificou e autuou mais uma igreja em Volta Redonda. A fiscalização foi motivada por denúncias feitas por populares e postagens em redes sociais, algumas delas feitas pelos próprios frequentadores da igreja.

As imagens mostram superlotação do espaço e pessoas sem máscara, cantando, em flagrantes irregularidades.

A igreja foi notificada e autuada pela Secretaria Municipal de Fazenda (SMF) e pela Vigilância Sanitária, devendo apresentar ao município um termo de ajuste de conduta para continuar em funcionamento. Caso não cumpra com estas e outras determinações que ainda virão, poderá ser interditada.

A Força-Tarefa age em três eixos principais: conscientização, prevenção e repressão. Desta forma, já interditou uma igreja no bairro Voldac e autuou uma outra no Retiro. No bairro Volta Grande IV, um Centro Espírita também foi autuado pela mesma razão. Da mesma maneira, a Força-Tarefa faz ações permanentes de orientação em todos os templos religiosos sobre a necessidade de seguirem as regras em vigor.

Como não pode estar em todos os lugares ao mesmo tempo, a Força-Tarefa contará com apoio da população para poder ampliar as ações. Como ocorreu neste caso, com mais esta igreja, mas também em bares, boates, supermercados e outros espaços de convivência pública.

Os telefones de contato são: 156 (Central de Atendimento), 153 (Guarda Municipal), 190 Polícia Militar.

Foto: Divulgação/PMVR