Setor administrativo das escolas já recebeu formação e professores estão sendo treinados para utilização da plataforma gratuita Google for Education

A Secretaria Municipal de Educação (SME), através do Centro de Mídias Educacionais de Volta Redonda, está capacitando 2,3 mil profissionais da rede de ensino para uso de tecnologias durante as aulas. A formação de 20 horas tem como objetivo tornar essas pessoas aptas a trabalhar com as ferramentas tecnológicas de ensino disponíveis. Por causa da educação remota, devido à pandemia do novo coronavírus, a secretaria adotou a plataforma Google for Education - que é gratuita e, assim, não tem custos aos cofres públicos. Diretores, diretores adjuntos, secretários e auxiliares administrativos já receberam a capacitação.

Os treinamentos tiveram início no fim de janeiro. Os primeiros a serem capacitados foram funcionários do setor administrativo e desde a última semana, todos os docentes passam pela capacitação.

“Iniciamos o treinamento com todos os docentes desde a Educação Infantil (creches e pré-escolas) até o Ensino Médio da Fevre (Fundação Educacional de Volta Redonda). Então estamos treinando por volta de 1.800 professores da rede municipal, dedicados nestas duas semanas – do dia 3 até o dia 12 – a uma jornada formativa das ferramentas Google. Estamos ensinando a eles tudo o que é possível”, garantiu Bruno Moreira, professor da rede pública e treinador certificado pelo Google (trainer) para conduzir os treinamentos, sem custos ao município por ser funcionário público.

O coordenador do Centro de Mídias Educacionais e diretor da Escola Municipal Walmir de Freitas Monteiro, professor Felipe Nóbrega, explicou que o treinamento é um início de uma estratégia da Secretaria de Educação e consiste em ensinar os profissionais a como usar as ferramentas Google – Classroom, Drive e Meet.

“Ano passado houve uma crítica muito forte sobre o fato dos professores não terem tido uma capacitação. Então este ano a Secretaria de Educação dedicou essas duas primeiras semanas para um treinamento, para que os professores tenham maior segurança de como utilizarem essas ferramentas no dia a dia”, afirmou, destacando que a capacitação também tem foco nos profissionais surdos e cegos - junto à seção de Educação Especial, a Secretaria Municipal vai fazer a tradução em libras de todo o treinamento e os deficientes visuais terão formações exclusivas.

A SME está fazendo o planejamento para retomada de aulas presenciais na rede municipal, conforme decisão judicial que já definiu a volta às aulas na rede particular.

Avanço tecnológico

O Centro de Mídias Educacionais de Volta Redonda foi criado no atual governo por meio da gestão Therezinha Gonçalves, com objetivo de trazer ferramentas tecnológicas para dar início a um processo de inovação educacional na rede municipal. Além de apresentar ferramentas de tecnologia, o Centro busca desenvolver estratégias junto ao departamento pedagógico das escolas para poder fazer avançar a educação pública do município, alinhando junto às melhores práticas de ensino do mundo.

O setor foi o responsável por desenvolver o site: (www.smevr.com.br), onde os alunos da rede municipal têm acesso a tutoriais que ensinam a como utilizar as ferramentas disponíveis. A previsão é que ao longo do ano, os professores participem de uma jornada para conhecerem recursos tecnológicos para poderem ofertá-los aos alunos da rede municipal de ensino.

Foto: Divulgação/PMVR