Imunizante é para reforço da primeira remessa disponibilizada às prefeituras em janeiro e para profissionais da Saúde que ainda não receberam a vacina

A cidade de Volta Redonda recebeu nesta quarta-feira, dia 03, mais 3.320 doses da CoronaVac. A vacina contra o novo coronavírus chegou por volta das 8h50, na sede do Batalhão da Polícia Militar (28º BPM), e foi entregue pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). O imunizante será utilizado no reforço da primeira dose disponibilizada às prefeituras no dia 19 de janeiro e também para profissionais da Saúde que ainda não se vacinaram. A segunda etapa deve começar no dia 9 de fevereiro; garantindo que o esquema vacinal seja concluído no intervalo de 21 dias – prazo recomendado para que ocorra a completa imunização. A Secretaria Municipal de Saúde reforça que já planejou a vacinação da população idosa da cidade e que ela deve acontecer assim que mais doses forem disponibilizadas pela SES.

Mais de 3,5 mil pessoas já foram vacinadas em Volta Redonda. Os alvos da segunda remessa da CoronaVac serão os mesmos que receberam o medicamento no início da campanha de imunização. São eles: profissionais da Saúde que estão na linha de frente de combate ao novo coronavírus; idosos residentes em asilos ou abrigos; pessoas com deficiência que vivem em casas terapêuticas e trabalhadores dessas instituições. A aplicação será no mesmo local da primeira dose. Vale lembrar que 880 doses dessa segunda remessa serão destinadas aos profissionais da Saúde que ainda não foram vacinados.

Agendamento
A Secretaria Municipal de Saúde informa ainda, que recebeu 1.743 solicitações de agendamento para vacinação através de um cadastro aberto pela internet para profissionais do setor que ainda não receberam o imunizante – com prioridade para os mais idosos. Neste agendamento eles puderam escolher data e unidade de saúde em que seriam vacinados. A pasta destaca que está entrando em contato com os que realizaram o cadastro para confirmação da vacinação. Pessoas que não puderam ser agendadas ou não se inscreveram receberão novas orientações.

Foto: Geraldo Gonçalves/PMVR