Nesta terça-feira (23), representantes do Sebrae estiveram com secretários municipais; objetivo é tornar serviços prestados à população mais ágeis e eficientes

A Prefeitura de Volta Redonda segue avançando no programa “Cidade Empreendedora”, que visa modernizar e desburocratizar as ações do Poder Público. Nesta terça-feira (23), técnicos do Sebrae no Sul Fluminense se reuniram com secretários municipais e integrantes das pastas para realizar o mapeamento dos serviços para poder otimizá-los; desde o planejamento da demanda, a licitação, gestão dos contratos e o processo de compra, por exemplo. O encontro aconteceu no auditório do Palácio 17 de Julho, sede da prefeitura.

O “Cidade Empreendedora” tem como foco a recuperação econômica na pós-crise provocada pela Covid-19. A assinatura do contrato aconteceu no gabinete do prefeito no último dia 12 e contou com a participação de todos os secretários municipais e de representantes do Sebrae.

No plano, além de uma identificação do ambiente econômico, existem ações voltadas para agilizar os procedimentos da administração municipal, também há iniciativas que visam incentivar a valorização do comércio local e abertura/regularização de empresas e o empreendedorismo, por exemplo. O projeto será elaborado em conjunto com a Secretaria Municipal de Planejamento, Transparência e Modernização da Gestão (Seplag).

A secretária da Seplag, Cora Peixoto, destacou o avanço do programa. “A reconstrução da cidade passa pela desburocratização e flexibilização dos processos do Poder Público. Queremos oxigenar a economia, uma oxigenação de dentro para fora. Hoje nada mais é do que o diagnóstico e alinhamento das secretarias. A partir do momento que você tira os entraves do Poder Público, facilita a vida do empreendedor, principalmente o negócio local. Emissão de alvarás, compras, vendas ou qualquer situação que trave o desenvolvimento da cidade.”, afirmou a secretária.

Durante a assinatura do convênio, o prefeito Antonio Francisco Neto comentou que tornar o Poder Público Municipal mais eficiente e menos burocrático é um sonho que está prestes a ser realizado. “Queremos, dentro da legalidade, avançar, fazendo com que nossa cidade se torne cada vez melhor para o contribuinte. Queremos acabar com os vícios e modernizar a máquina pública”, disse na ocasião.

Volta Redonda já conta com um convênio com o Governo do Estado que, através da AgeRio, beneficia pequenos e microempresários com a oferta de crédito. O município também vai ganhar uma agência de Desenvolvimento Econômico Regional até o fim do ano, para atender os empreendedores.

 

Foto: Divulgação/PMVR