Artista visual assina obra “A Retomada” que ilustra superação dos obstáculos em meio à pandemia com a retomada das atividades econômicas

A Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, em parceria com a CDL-VR (Câmara de Dirigentes Lojistas de Volta Redonda), se uniram para promover uma nova cena urbana no município. A cidade ganha mais cor e arte por meio do painel de graffiti “A Retomada” assinado pelo grafiteiro Marcelo Eco, reconhecido internacionalmente, a vinda do artista visual foi patrocinada pela CDL-VR.

O painel de 120 metros quadrados ao ar livre, no muro do Clube Umuarama, na Vila Santa Cecília, é uma homenagem a superação dos obstáculos em meio à pandemia da Covid-19. Com a retomada das atividades econômicas do setor comercial e de serviços, aliada a descoberta da vacina e ao avanço da vacinação em massa. O mural de arte urbana também ilustra a união de todos os setores públicos e privados e a solidariedade da população em um dos períodos mais difíceis dos últimos tempos.

O painel começou a ser grafitado na sexta-feira (19) e será finalizado nesta quarta-feira, dia 24. O secretário de Cultura de Volta Redonda, Anderson de Souza, destacou que a partir de março de 2022, outros painéis semelhantes serão pintados pela cidade por artistas locais em uma ação que vai valorizar além da cultura o turismo a céu aberto.

“Esta é mais uma ação para fazermos de Volta Redonda a capital da cultura urbana no Estado do Rio. Com isso, fomentaremos a produção artística e a economia através do turismo cultural”, disse o secretário.
O painel “A Retomada” é o primeiro trabalhado de Marcelo Eco, no interior do Rio de Janeiro. O artista já fez diversas exposições pelo Brasil e também em outros países, como Alemanha, Holanda, Argentina, Itália, França, Espanha, Egito, Angola e Tailândia.

O presidente da CDL-VR, Gilson de Castro, mencionou que a ideia de criar o mural partiu da prefeitura, com proposta do secretário de Cultura, Anderson Souza, que também é um dos artistas plásticos mais renomados da região.

“Quando o Anderson nos trouxe essa ideia, de criar ambientes que virem cenários para fotografar, divulgando a cidade, unimos nossa vontade de homenagear o comércio, com algo que marcasse essa força de um povo trabalhador, simbolizando tanto quem investe, os empresários, quanto quem trabalha, e, claro, os consumidores. Queremos mostrar essa rede que ajuda a movimentar a economia, a manter os empregos, criar renda, principalmente, depois desse período difícil, vivido durante a pandemia, por todos nós. Será um grande presente para Volta Redonda”, comentou.

 

Foto: Divulgação/PMVR