Procedimentos foram realizados neste fim de semana. No próximo sábado, dia 27, outras quatro pessoas passam pela prostatectomia a céu aberto

O Hospital São João Batista (HSJB) em Volta Redonda avança com o mutirão de cirurgias de próstata iniciado em 13 de novembro. As primeiras seis cirurgias foram de ressecção transuretral e neste fim de semana quatro pacientes passaram por prostatectomia a céu aberto. Nos dois casos, o objetivo é tratar a hiperplasia prostática benigna (crescimento da próstata).

O vice-prefeito Sebastião Faria, diretor geral do hospital, afirmou que as dez primeiras cirurgias foram um sucesso. “O número de pacientes atendidos no último sábado foi menor do que no primeiro por conta da mudança do procedimento. A prostatectomia a céu aberto é um pouco mais demorada se comparada à ressecção transuretral”, falou, lembrando que no próximo sábado, dia 27, mais quatro pacientes passarão pela cirurgia.

Faria ressaltou que o objetivo da intensificação das cirurgias de próstata no hospital é zerar a demanda reprimida por este tipo de procedimento, gerada, principalmente, pela pandemia da Covid-19. “Retomamos as cirurgias eletivas em agosto deste ano, mas ainda assim vimos necessidade de ampliar a oferta da cirurgia urológica”, contou, lembrando que a ação acontece no Novembro Azul, mês de conscientização para prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata.

O coordenador da equipe de Urologia do Hospital São João Batista, o médico José Ramon, reforçou que a maioria da população masculina apresenta crescimento da próstata a partir dos 45 anos. O problema pode bloquear a passagem da urina pela uretra.

“Todos os pacientes que passaram pelo procedimento no último sábado seguem internados no hospital. Eles passam bem e devem ter alta na próxima quarta-feira, dia 24, tempo previsto em caso de cirurgias convencionais”, explicou José Ramon.

As cirurgias do mutirão são realizadas pela equipe de Urologia do HSJB, composta por cinco urologistas, um anestesista, uma enfermeira e três técnicos de enfermagem. E para realização de cirurgias seguidas, a equipe ainda conta com o apoio dos funcionários responsáveis pela limpeza das salas de cirurgia, da farmácia satélite e o maqueiro.

 

Foto: Divulgação/PMVR