Promovida pela secretaria de Ação Comunitária, iniciativa tem o objetivo de orientar sobre mudança do Bolsa Família para o novo programa

A Prefeitura Municipal de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Ação Comunitária (SMAC), está realizando uma campanha informativa, sobre a extinção do Programa Bolsa Família e a implementação do Programa Auxílio Brasil feita pelo Governo Federal. De acordo com o secretário Munir Francisco, a população ficou insegura ao tomar conhecimento nos noticiários, sobre a extinção do Programa Bolsa Família.

“Desde o início do ano, contratamos e capacitamos entrevistadores para que o Cadastro Único pudesse ser ofertado diretamente nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). Essa medida oportuniza nossa população, com atendimento mais rápido, feito por profissionais especializados e mais perto de casa. Percebemos que muitos usuários estão com dúvidas sobre a extinção do Programa Bolsa Família e a implementação do novo Auxílio Brasil, o que nos fez iniciar essa campanha informativa”, explicou Munir.

Auxílio Brasil: Quem tem direito?
O Bolsa Família abrange cerca de 14,6 milhões de beneficiários. O número do Auxílio Brasil deve superar 17 milhões, segundo previsão do Ministério da Cidadania.

Podem se beneficiar com o novo programa, as famílias em situação de extrema pobreza (renda por pessoa de até R$ 100 por mês) ou famílias em situação de pobreza (renda por pessoa entre R$ 100,01 e R$ 200), desde que tenham em sua composição: gestantes, crianças ou jovens de até 21 anos (mediante estarem matriculados na rede básica de ensino). As regras são similares ao Bolsa Família.

Veja os principais critérios do Auxílio Brasil:
- Ter renda familiar per capita de até R$ 100; ou ter renda familiar per capita de até R$ 200 (no caso de famílias que tenham em sua composição gestantes, crianças e/ou jovens de até 21 anos, devidamente matriculados na rede básica de ensino);

- Estar inscrito no CadÚnico;

- Estar com dados atualizados no CadÚnico há, pelo menos, dois anos.

- Crianças com idade escolar (entre 4 e 5 anos) devem ter, no mínimo, 60% de presença nas aulas;

- Crianças e jovens entre 6 e 21 anos, a frequência mínima exigida é de 75%;

- Crianças precisam estar com as vacinas em dia e devem comparecer ao posto de saúde para realizar o monitoramento e o acompanhamento do crescimento;

- Gestantes devem comparecer às consultas de pré-natal e acompanhamento médico;

- Acompanhamento de saúde das mulheres que possuem entre 14 e 44 anos de idade.

Como fica o Cadastro Único em tempos de Auxílio Brasil?
Com a extinção do Programa Bolsa Família e a implementação do Programa Auxílio Brasil, houve um aumento na procura pelos serviços do Cadastro Único. Em Volta Redonda, a demanda está conseguindo ser absorvida pelos entrevistadores sociais, sem prejuízo à população. Por conta desse aumento, a maioria dos atendimentos está sendo realizada mediante agendamento, o que possibilita um atendimento de maior qualidade para os usuários.

Para maiores informações, a população pode se dirigir a uma unidade do Cras mais próximo de sua residência, ou se preferir, entrar em contato com o Setor do Cadastro Único, pelos telefones: 3339-9145 ou 3339-9598.

“É importante destacar que nenhuma família de nosso município ficará sem atendimento, seja nos Cras ou na sede da Smac. Nossa prioridade é atender da melhor maneira possível os nossos usuários e fazer com que eles tenham acesso aos serviços da assistência social”, concluiu o secretário.

Confira a relação dos Cras que já possuem atendimento do Cadastro Único direto no sistema:

CRAS São Sebastião – 3347-8139
CRAS Dom Bosco – 3338-5304
CRAS Caieiras – 3337-8985
CRAS Nova Primavera – 3339-2451
CRAS Santo Agostinho – 3339-2077
CRAS Três Poços – 3336-2008
CRAS Água Limpa – 3339-4485
CRAS Vila Americana – 3337-8488
CRAS Volta Grande – 3339-9110
CRAS Siderlândia – 3339-1951
CRAS Belo Horizonte – 3339-1950
CRAS Padre Josimo – 3338-3694
CRAS Jardim Belmonte – 3339-9283
CRAS Retiro – 3338-9064
CRAS Vila Brasília – 3339-2081
CRAS Rústico – 3339-4279
CRAS São Cristovão– 3339-4212
CRAS Açude – 3339-2268
CRAS Vila Rica Tiradentes – 3339-4255

Foto: Divulgação Secom/PMVR