Reunião aconteceu no Palácio 17 de Julho e tratou de questões como a retomada da Olimpede

O prefeito Antonio Francisco Neto recebeu nesta quarta-feira (17) o chefe de gabinete da Secretaria Estadual da Casa Civil, Marcos Salles, e o ex-atleta paralímpico e superintendente de ações da Pessoa com Deficiência do governo do estado do Rio de Janeiro, Anderson Lopes. O encontro, que aconteceu no Palácio 17 de Julho, serviu para estreitar laços e firmar uma parceria entre a Prefeitura e o Estado, a fim de promover a realização de ações voltadas às pessoas com deficiência, entre elas o retorno da Olimpede (Olimpíada da Pessoa com Deficiência) em Volta Redonda.

A reunião contou com a participação do secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Pastor Washington Uchôa; da secretária e o subsecretário da SMEL (Secretaria de Esporte e Lazer), Rose Vilela e Daniel Alves; do assessor especial do prefeito, Deley de Oliveira; e do vereador Ednilson Azevedo, o “Vampirinho”.

“Queremos melhorar a captabilidade de atendimento. O governador Cláudio Castro quer ampliar o atendimento, principalmente no interior. Por isso, estamos com um orçamento de R$ 20 milhões para fazermos convênios com instituições, associações e comunidades terapêuticas. Teremos uma feira itinerante para pessoas com deficiência, onde haverá uma série de atividades, como: tecnologias assistivas, palestras e serviços que o Estado oferece, além de shows, esportes e etc. Esses eventos vão ocorrer em quatro cidades do interior, e uma delas é Volta Redonda”, anunciou Salles, que elogiou a atitude do prefeito Neto em criar uma Secretaria ligada à pessoa com deficiência.

“Isso é raro. Poucas cidades e pessoas possuem este olhar. E fizemos questão de parabenizá-lo pessoalmente”, completou.

Neto agradeceu o empenho de todos na busca pela reconstrução de Volta Redonda. “Estamos fortalecendo o social de nossa cidade, buscando retomar os cuidados com a pessoa com deficiência. Temos um sonho de tornar Volta Redonda referência e agora com a secretaria municipal e a parceria com o governador Cláudio Castro será mais fácil”, disse Neto.

Retorno da Olimpede
Entre os assuntos discutidos na reunião esteve a retomada da Olimpede. A competição foi descontinuada na administração anterior e voltará a ser disputada em Volta Redonda com apoio do Governo do Estado. O superintendente estadual de ações da pessoa com deficiência, que faz parte da Subsecretaria de Cuidados Especiais, Anderson Lopes, lembrou a importância da competição, não só no aspecto esportivo, mas social.

“A Olimpede foi um dos maiores eventos sociais do país. Até por este trabalho do prefeito Neto, estamos aqui para ser parceiro desta nova empreitada que ele, o Deley e a Rose querem implementar na cidade. Vamos reconquistar a inclusão que Volta Redonda sempre foi um exemplo para o país. Este é o grande desafio do governo Neto e Claudio Castro; trazer dignidade novamente às pessoas com deficiência”, disse Anderson, reforçando que como medalhista paralímpico, não poderia deixar de apoiar a iniciativa.

O secretário da Pessoa com Deficiência, Pastor Washington Uchôa, também comentou a importância da retomada da Olimpede, principalmente para inclusão e autoestima dos participantes.

“Convivo com essas pessoas com deficiência e sei como eles se sentiam valorizadas. Além disso, tenho ido semanalmente aos Cras (Centro de Referência da Assistência Social) e lá eu vejo que alguns deficientes não conseguem sair do bairro e vir até as áreas centrais; por uma questão de transporte. Às vezes, o elevador no ônibus não funciona ou o motorista não tem aquela paciência de pegar o cadeirante. Então estamos dando os primeiros passos, e, sem dúvidas, vamos dar muitos outros com esta parceria com o Governo do Estado”, enfatizou.

 

Foto: Divulgação/PMVR