Evento será no dia 19 na Biblioteca Municipal e reunirá produtores rurais, instituições de ensino, setor de alimentação e meios de hospedagens

O município de Volta Redonda sedia no próximo dia 19, sexta-feira, às 14h, a 5ª Reunião do APL (Arranjo Produtivo Local) do Café do Vale do Café, que acontecerá na Biblioteca Municipal Raul de Leoni, na Vila Santa Cecília. O evento tem como objetivo aproximar os setores da cadeia produtiva do café nos municípios que integram região turística do Vale do Café.

“Acreditamos que existe um grande potencial ao estimular a cultura de consumo do café, valorizando empresas tradicionais como as que estão em Volta Redonda, e estimulando novos produtores de cafés especiais. Assim como outras empresas que desejem incorporar os cafés ao seu cardápio, criando uma cultura de valorização dos cafés do Vale do Café”, explicou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Sergio Sodré, que participará da abertura do evento.

A iniciativa de promover o evento surgiu como uma resposta dos municípios com tradição de turismo nas fazendas de café como Vassouras e Valença, que desejavam oferecer uma experiência com as plantações de café, tal como foi o Vale no passado. O APL teve início em Vassouras e vislumbra ser uma iniciativa que envolva mais municípios, somando forças para gerar desenvolvimento coletivo.

“Esse é um importante desdobramento do Fórum do Café do Vale do Café, que foi realizado em Vassouras. Na edição de Volta Redonda, desejamos aproximar produtores, cursos na área de Gastronomia e o setor de alimentação para criar experiências com os cafés do nosso Vale”, explicou Wanderson Farias, que é secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Vassouras.

A cada mês, o evento ocorre em um município da região do Vale do Café, integrante do projeto e, além da programação de palestras, contará com uma feira de artesanato com o Projeto Arigó, e exposição de cafés de diversas cidades do vale. O público-alvo são produtores rurais que desejem diversificar sua produção, instituições de ensino, cafés, buffets, bares e restaurantes, meios de hospedagens.

A diretora de Turismo da SMDET, Débora Candido, ressaltou ainda que a cidade possui um instituto de gastronomia e um projeto de formação na área de hotelaria que trabalha a formação de baristas.

“Assim, desejamos ainda estimular a cultura de emprego de receitas, utilizando nossos cafés do Vale na formação destes estudantes. Em um curto prazo, já poderemos colher ótimos resultados”, concluiu Débora.

Também participarão da abertura da reunião o secretário de Estado de Turismo, Gustavo Tutuca, o deputado federal Christino Áureo, a subsecretária de Estado de Desenvolvimento Econômico, Marina Esteves, o secretário de Estado de Agricultura, Marcelo Queiroz, entre outras autoridades.

APL – Um programa Arranjo Produtivo Local (APL) tem como objetivo estimular alternativas que gerem desenvolvimento com sustentabilidade nos âmbitos social, econômico, ambiental e cultural.

Foto: Divulgação Secom/PMVR