Novo espaço voltado à cultura e arte na passarela do viaduto Nossa Senhora das Graças, presta homenagem ao artista Erastóenes Roberto Alves de Sousa

A Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), inaugura na próxima sexta-feira, dia 19, às 8h30, um novo espaço voltado à arte e cultura. A galeria de arte urbana ‘Erastótenes Roberto Alves de Sousa’, na passarela de pedestres do viaduto Nossa Senhora das Graças, que liga a Avenida Amaral Peixoto, no Centro, ao bairro Aterrado.

A galeria de arte levará o nome do artista plástico de Volta Redonda, Erastótenes Roberto Alves de Sousa. A secretaria de Cultura presta homenagem ao artista falecido em 27/06/2009, que iniciou sua carreira aos 06 anos de idade. A cerimônia de inauguração contará com a presença de familiares do homenageado. Está confirmada também a presença do presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), André Ceciliano, entre outras autoridades municipais.

A galeria de arte urbana faz parte do projeto ‘Corredor Cultural Urbano’ da SMC, que prevê ainda a abertura de um palco para apresentação de música, sarau de poesia e teatro. O secretário municipal de Cultura, Anderson de Souza, destacou que a galeria de arte urbana foi projetada para que a população pudesse ter acesso à arte em locais abertos. Retirando a exclusividade da arte apenas em locais fechados e a levando para centros urbanos próximo aos moradores.

“Volta Redonda terá pela primeira vez uma galeria de arte urbana, com 100 metros de comprimento e que ficará aberta ao público 24 horas. Pensando na segurança dos pedestres, a prefeitura instalou oito câmeras de segurança, toda a iluminação do local foi trocada por lâmpadas de LED, que também vão iluminar os painéis, que vão expor obras itinerantes”, disse o secretário, que também é artista visual.

A galeria

O projeto arquitetônico da passarela foi planejado pelo IPPU (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano) onde abrigará a galeria. O espaço foi totalmente revitalizado, as melhorias incluíram iluminação de LED, instalação de oito câmeras de segurança, manutenção do telhado e piso. Tudo isso para transformar o espaço em uma galeria de arte urbana com 100 metros de comprimentos, que terá mostras itinerantes.

Cerca de 50 mil pessoas passam mensalmente pelo local. Na inauguração, a galeria vai exibir a mostra fotográfica “Nossa História Passa Por Aqui”, com curadoria da arquiteta e artista plástica Juliene de Paula. A exposição será apresentada por meio de 47 painéis fixos na estrutura da passarela. Os painéis de 100x50cm foram confeccionados com material reciclado da própria prefeitura.

A exposição irá retratar parte da história de Volta Redonda ao longo dos seus 67 anos de emancipação. O acervo fotográfico pertence à Prefeitura Municipal, alguns registros foram feitos pelas lentes do fotógrafo Geraldo Gonçalves. Inicialmente, o telhado da passarela ganhou um graffiti representando o pássaro Arigó, uma ave de migração que faz parte da história de Volta Redonda pelas mãos do artista visual Roberto Tommy, a seleção foi por chamamento público.

O homenageado

O artista plástico Erastótenes Roberto Alves de Sousa, nasceu em 20/02/1955 no município de Volta Redonda. O artista atuou no segmento expressionista com representação da realidade em um movimento interior para o exterior, com aspectos irracionais e instintivos na produção artística.
Uma das curiosidades em relação ao Erastótenes é que o artista desenvolveu trabalho voluntário na Coordenação de Saúde Mental do município, unindo a arte no tratamento psiquiátrico dos assistidos.

 

Foto: PMVR