Doses foram aplicadas de segunda a quarta-feira nas Unidades de Saúde e na quinta no drive-thru na Ilha São João

A Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), vacinou nesta semana 16 mil pessoas contra a Covid-19. O levantamento da Vigilância em Saúde é referente ao período que vai de segunda a quinta-feira. Na segunda e terça-feira foram aplicadas 4,5 mil e 4,6 mil doses, respectivamente. Na quarta, foram 3,6 mil e na quinta-feira (11), no drive-thru, mais de 3,3 mil.

Com a aplicação de primeiras, segundas e doses de reforço (terceira dose), Volta Redonda chega a 460.519 doses totais de vacina aplicadas desde o início da campanha de vacinação. O município está finalizando as segundas doses, ampliando as doses de reforço e segue ofertando repescagem de primeira dose para pessoas a partir de 12 anos. O objetivo, segundo o prefeito Antonio Francisco Neto, é obter 100% da população imunizada.

Como novidade mais recente, a segunda dose foi antecipada para adolescentes de 12 a jovens de 19 anos. O intervalo entre a primeira e a segunda dose foi adiantado para 21 dias, antes o prazo era de 12 semanas. A medida é válida para todos que receberam a primeira dose até 21/10/2021 com qualquer imunizante (AstraZeneca, CoronaVac e Pfizer).

Nesta sexta-feira, dia 12, a vacinação contra o novo coronavírus continua no município em todas as 46 Unidades de Saúde com aplicação de primeiras, segundas e terceiras doses, das 08h às 16h. Onze unidades funcionam com horário estendido para atender a população, até as 21h: São João, São Geraldo, 249, Vila Mury e Volta Grande. Até as 18h: Siderlândia, Jardim Paraíba, Vila Rica/Tiradentes, Santo Agostinho, Açude I e Santa Cruz.

A dose de reforço está sendo disponibilizada para os seguintes grupos:
Profissionais de saúde e estudantes da área de saúde; Pessoas com comorbidades de 40 a 49 anos, Pessoas acima de 50 anos que receberam a segunda dose até 14/08/2021 e também para imunossuprimidos que tomaram a segunda dose até 15/10/2021.
Para receber a segunda e terceira dose é necessária a apresentação do cartão de vacinação Covid-19.

 

Foto: Geraldo Gonçalves- Secom/PMVR