Motoristas regulamentados do município passam a contar o Taxi.Rio.Cidades; cadastramento começa nesta quinta-feira, 11

Cerca de cem taxistas do município acompanharam a assinatura do convênio entre as Prefeituras de Volta Redonda e do Rio de Janeiro para a implantação do aplicativo Taxi.Rio.Cidades. O prefeito Antonio Francisco Neto recebeu o chefe do executivo carioca, Eduardo Paes, na noite de quarta-feira, 10, no auditório da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), no Aterrado.

No evento, os motoristas receberam orientações sobre o aplicativo, utilizado por mais de 30 mil táxis na cidade do Rio. O cadastramento começa nesta quinta-feira, 11, e deve ser validado presencialmente na sede da Secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana (STMU). A previsão é que o aplicativo comece a funcionar ainda nesta semana.

O prefeito Neto agradeceu a presença de Eduardo Paes em Volta Redonda e afirmou que este convênio deve provocar uma mudança na relação entre os taxistas da cidade e seus clientes. “Acredito que o novo sistema vai aumentar a procura pelo serviço, muito prejudicado durante a pandemia da Covid-19, gerar renda e até postos de trabalho para a categoria. No município, os permissionários podem ter até dois motoristas auxiliares e sabemos que nem todas estas vagas estão ocupadas. Com o crescimento da demanda, é possível que mais motoristas possam trabalhar”, disse.

Neto aproveitou a oportunidade para agradecer também à sua equipe de governo. Ele citou o secretário de Ação Comunitária, Munir Francisco, que deu o start para a implantação do Taxi.Rio.Cidades em Volta Redonda ao receber Marcelo Thaca, representante dos taxistas, que veio pedir ajuda para a categoria. Lembrou ainda da importante atuação do assessor da prefeitura, Deley de Oliveira, que, após iniciadas as conversas com a prefeitura do Rio de Janeiro conseguiu reduzir a taxa a ser paga pelo serviço à empresa que criou o serviço de 7,5% para 5,5%. “É a prova de que com trabalho em equipe a população será sempre beneficiada”.

Eduardo Paes elogiou a capacidade de gestão e a capacidade política de Neto, fundamentais para a recuperação econômica do município. “A assinatura deste convênio, que moderniza o serviço de táxis, é um exemplo disso. Mostra a busca da gestão por soluções para geração de renda e movimentação da economia”, disse Paes, que afirmou ainda que o Rio de Janeiro e Volta Redonda podem trocar outras experiências. “Hoje o foco foi a mobilidade urbana, mas podemos firmar outras parcerias”, acredita.

O Taxi.Rio.Cidades foi criado pela equipe técnica da IplanRio (Empresa Municipal de Informática da prefeitura carioca) permite aos passageiros acionar o serviço pelo smartphone em qualquer hora do dia. Os taxistas poderão oferecer descontos para os passageiros entre 20% e 40%. A partir desta quinta-feira, 11, os taxistas devem baixar o aplicativo e fazer o pré-cadastro, que será validado na sede da STMU, na Rodoviária Municipal.

O secretário de Transporte e Mobilidade Urbana, Paulo Barenco, explicou que é uma questão de segurança, uma orientação da IplanRio. Ele ressaltou ainda que, somente os taxistas regulamentados poderão se cadastrar no aplicativo e que estes dados já estão com a empresa responsável.

“Estou confiante de que o aplicativo vai aumentar o volume de negócios. É um mecanismo de modernidade e trará evolução na forma de prestar o serviço. Porém, para dar certo é preciso da adesão, tanto de taxistas como da população”, falou, lembrando que Volta Redonda tem 256 permissionários e cada um pode ter dois motoristas auxiliares.

O presidente do sindicato, Clóvis Barboza da Silveira, falou em oportunidade. “Essa era uma necessidade para o taxista oferecer um serviço ágil e prático para o passageiro”, disse. O taxista Paulo César Silva Alves, um dos que acompanhou da plateia a assinatura do convênio, endossou as palavras de Clóvis. “O aplicativo veio para facilitar a relação entre o taxista e o passageiro. É a tecnologia facilitando o trabalho e gerando renda”.

Entre os membros do governo municipal presentes na cerimônia também estava Edvaldo Silva, presidente da EPD (Empresa de Processamento de Dados), uma das responsáveis pela implantação do Taxi.Rio.Cidades em Volta Redonda. Ainda estavam o presidente da Câmara de Vereadores do município, Nilton Alves de Faria, o Neném, e os colegas de legislativo Paulinho AP, Ednilson Vampirinho e Cacau da Padaria.

Também prestigiaram o evento o prefeito de Pinheiral, Ednardo Barbosa, que se interessou pelo Taxi.Rio.Cidades para os taxistas de seu município, e o ex-deputado Federal, Luiz Carlos Ramos do Chapéu, que é assessor de gabinete na prefeitura do Rio de Janeiro. Ao final do evento, ele e o prefeito Eduardo Paes ainda receberam das mãos de Munir Francisco e Deley, respectivamente, uma camisa do time de futebol do Voltaço. Da IplanRio estavam o coordenador de Atividades, Kley Pontes; e o assessor da previdência, especialista no aplicativo para táxis, Guilherme Cardoso.

 

Foto: Divulgação/PMVR