Governador Claudio Castro também deve confirmar implantação do projeto ‘Café do Trabalhador’ na cidade

O governador Cláudio Castro confirmou que vai atender pedido feito pelo prefeito Antonio Francisco Neto e assumirá a gestão do Restaurante Popular. Em recente visita ao município, o Secretário de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Matheus Quintal, esteve na unidade local e preparou um estudo para incorporação ao projeto do estado. Com isso, segundo o prefeito, o Restaurante Popular vai ampliar o número de refeições servidas e oferecer comida a um valor mais em conta para população.

A prefeitura e o Governo do Estado iniciaram as tratativas para cessão do controle do Restaurante Popular há cerca de um mês, mas a confirmação foi feita por Cláudio Castro em recente visita do governador à região serrana. A unidade de Volta Redonda terá capacidade de ofertar até 500 cafés da manhã por dia, ao preço de R$ 0,50 centavos. Também serão servidos até mil almoços por R$ 1,00. A cessão do controle do Restaurante Popular ficará a cargo do Secretário Municipal de Ação Comunitária (SMAC), Munir Francisco, que vinha gerindo a unidade.

“Mesmo diante de muitas dificuldades, conseguimos segurar o restaurante aberto até agora. Essa ajuda do Estado vem em excelente momento e ainda vai possibilitar atender mais pessoas. Só temos de agradecer ao secretário Matheus e ao nosso governador, que mesmo na região serrana não tira Volta Redonda dos seus planos”, disse Munir, que visitou o Restaurante com Matheus Quintal.

Mais novidades
Além disso, Matheus Quintal aproveitou para dar mais uma boa notícia para Volta Redonda. Trata-se da instalação do projeto “Café do Trabalhador”, que vai funcionar em um ponto diferente do restaurante ofertando também café da manhã por R$ 0,50. “O governador Cláudio Castro já confirmou a inclusão de Volta Redonda neste projeto e já vamos preparar tudo”, destacou.

Foto: Secom PMVR