Essa é a quarta unidade recuperada só este ano e mais cinco serão entregues até dezembro

Nesta sexta-feira, dia 12, às 15h, a Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria de Saúde (SMS), entrega a reforma de mais uma Unidade Básica de Saúde à população, desta vez no bairro Coqueiros. A UBSF Francisco de Novaes atende a cerca de 3.200 moradores do bairro.

De acordo com a responsável pelo posto, a enfermeira Maiara de Castro Soares Greggio, as obras foram necessárias para conter os vazamentos causados pelas chuvas. “As paredes estavam manchadas e mofadas devido aos vazamentos. Com a obra, ficou até mais claro. A unidade está mais bonita para quem chega e para todos que trabalham”, disse a enfermeira.
A revitalização contou ainda com a pintura total da unidade – partes interna e externa, reforma de portas, salas e do teto. O mobiliário também foi recuperado e trocado.

A unidade conta com consultório, farmácia, salas de curativo e vacinas, cozinha, área externa, recepção e banheiros para funcionários e usuários. Realiza atendimentos voltados para a saúde integral da família, com vacinas de rotina, contra Covid-19, atendimento médico com clínico geral e pediatra, além da realização de exames como preventivos e pré-natal. Trabalha em rede com todo o sistema de saúde na marcação de consultas com especialistas e outros procedimentos.

Investimento na Saúde da Família
Com essa reforma, a prefeitura recuperou quatro unidades de saúde só em 2021 e a meta é entregar outras cinco até o final do ano. As reformas fazem parte das melhorias voltadas para Atenção Primária na Rede Pública de Saúde, nas Unidades (UBS e UBSF). A Atenção Primária é responsável pela coordenação do cuidado – de modo preventivo, integrado e contínuo– sendo referência em saúde para a população. Volta Redonda conta com 46 Unidades de Saúde, que realizam atendimento integral no setor básico, incluindo casos suspeitos de Covid-19. Além da parte estrutural, a Prefeitura abriu contratação emergencial para médicos generalistas (clínicos gerais) quatro vezes só este ano.

 

Foto: Arquivo/PMVR