Mais de 78% da população acima de 12 anos está imunizada; cidade avança na terceira dose

O município de Volta Redonda atingiu 78,2% da segunda dose (ou dose única) da vacina contra a Covid-19 na população acima de 12 anos. A cobertura vacinal de primeira dose é de 98,3% neste mesmo público-alvo. Além disso, a cidade tem mais de 30 mil terceiras doses já aplicadas. Os índices colocam o município em destaque na campanha nacional de imunização contra o novo coronavírus.
Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), já remetidos ao Ministério da Saúde, e apontam que mais de 184 mil pessoas já completaram o esquema vacinal previsto pelo Ministério da Saúde, com as duas doses. Além disso, mais de 231 mil pessoas tomaram a primeira dose.
A dose de reforço (terceira dose) já foi aplicada em mais de 30 mil pessoas, entre idosos acima de 60 anos, incluindo acamados, profissionais de saúde acima de 18 anos, pessoas com comorbidades acima de 40 anos, e imunossuprimidos graves. Somando a primeira, segunda e terceira dose, Volta Redonda chega a mais de 450 mil doses aplicadas desde o começo da vacinação.
Os grupos citados foram determinados pelo Ministério da Saúde por ser mais suscetível a contaminação por variantes do vírus. De acordo com o coordenador da Vigilância em Saúde de Volta Redonda, médico sanitarista Carlos Vasconcellos, a dose de reforço contribuiu para aumento da resposta imunológica para gerar uma proteção com maior duração. O Ministério da Saúde ampliou a dose de reforço, recentemente, aos profissionais de saúde devido ao contato direto e permanente com pacientes em ambientes de saúde, considerados propensos a contaminação.

Cronograma de vacinação
As 46 Unidades de Saúde (UBS e UBSF) do município oferecem a vacinação contra Covid-19, das 08h às 16h. Onze unidades funcionam com horário estendido para atender a população, até as 21h: São João, São Geraldo, 249, Vila Mury e Volta Grande. Até as 18h: Siderlândia, Jardim Paraíba, Vila Rica/Tiradentes, Santo Agostinho, Açude I e Santa Cruz.
Volta Redonda segue disponibilizando repescagem de primeira dose para pessoas a partir de 12 anos, que por algum motivo ainda não tenham se vacinado. Para receber a primeira dose é necessário apresentar identidade, comprovante de residência, CPF ou cartão do SUS.
As segundas doses estão sendo destinadas a pessoas vacinadas com a primeira dose até 19/10/2021 com qualquer imunizante (AstraZeneca, CoronaVac ou Pfizer).

Dose de reforço
Para pessoas com 50 anos ou mais que tenha recebido duas doses de vacina até o dia 15/08/2021;
Pessoas com comorbidades acima de 40 anos vacinadas com a segunda dose até maio de 2021;

Profissionais de saúde, de 18 a 59 anos, que tenham recebido a segunda dose até maio. A medida inclui estudantes da área de saúde em estágio em ambiente hospitalar.
*Os profissionais e estagiários devem apresentar um documento que comprove atuação na área e o cartão de vacinação Covid-19.

Imunossuprimidos graves vacinados com a segunda dose até setembro de 2021.
Em todos os casos, é necessário apresentar o cartão de vacinação Covid-19.

 

Foto: Geraldo Gonçalves- Secom/PMVR