Animal foi levado para o Centro de Controle de Zoonoses, no bairro Três Poços, de onde poderá ser retirado pelo proprietário após pagamento de multa

Agentes da Guarda Ambiental de Volta Redonda, com apoio de funcionários do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), recolheram um cavalo que estava andando em via pública, na Avenida Almirante Adalberto de Barros Nunes, a Beira-Rio. O animal estava solto na manhã desta quarta-feira (6), próximo ao nº 1.440, na altura do bairro Vila Mury. Ele causava risco de acidentes aos motoristas que passavam pelo local. A apreensão ocorreu após a Guarda Municipal ser acionada através do telefone 153.

O equino foi apreendido e encaminhado ao CCZ, no bairro Três Poços. O dono tem 72 horas para reivindicar a propriedade do animal, que é liberado após o pagamento de uma taxa de R$ 391,51. Se neste período, ele não fizer a retirada do cavalo, o animal passa a pertencer a Prefeitura de Volta Redonda e deve ser encaminhado para a Fundação Beatriz Gama (FBG), que mantém a Escolinha Municipal de Hipismo.

Caso o cavalo apresente sinais de maus-tratos, o proprietário ainda terá que pagar uma multa por crime ambiental, podendo responder criminalmente.

 

Foto: Cedida pela Guarda Ambiental