Doses contra a Covid-19 estão sendo aplicadas em todas as Unidades de Saúde, de 08h às 16h; nove postos funcionam com horário estendido

Em busca de intensificar as doses de reforço contra a Covid-19, a Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), aplicou 1,4 mil terceiras doses em dois dias (segunda e terça-feira) em idosos, profissionais de saúde e imunossuprimidos graves.

Nesse mesmo período, o município ultrapassou a marca de mais de oito mil doses aplicadas no total de dois dias, chegando a 8.173. O montante inclui primeiras, segundas e as terceiras doses de vacinas. O balanço da secretaria de Saúde foi divulgado na manhã desta quarta-feira, dia 29.

No período, 1.490 primeiras doses foram aplicadas em repescagem as pessoas acima de 12 anos, que ainda não tinham sido vacinadas por algum motivo. O número de aplicações de segundas doses das vacinas AstraZeneca (Oxford), CoronaVac e Pfizer/BioNTech chegou a 5.283 mil doses.

A terceira dose segue sendo disponibilizada nesta quarta (28) para profissionais da saúde, de 50 a 59 anos, e para pessoas de 60 a 79 anos, vacinadas com as duas doses até 08/04/2021. A secretaria de Saúde ressalta que novas faixas etárias dos profissionais de saúde serão incluídas, gradualmente, na terceira dose. Dependendo da chegada de novas remessas de vacinas, encaminhadas pelo Ministério da Saúde.

Também devem receber a dose de reforço: idosos acima de 80 anos vacinados com a segunda dose até 01/06/2021 e imunossuprimidos graves imunizados até 01/09/2021.
A vacinação contra a Covid-19 continua em todas as Unidades de Saúde (UBS e UBSF) de 08h às 16h. Nove postos funcionam com horário estendido, até as 21h: São João, 249, Vila Mury e Volta Grande. Até as 18h: Siderlândia, Vila Rica/Tiradentes, São Geraldo, Santo Agostinho e Santa Cruz.

As segundas doses das vacinas AstraZeneca e Pfizer estão sendo direcionadas para vacinados com a primeira dose até 03/08/2021. A segunda dose da CoronaVac para vacinados com a primeira dose até 09/09/2021.

Foto: Geraldo Gonçalves- Secom/PMVR