Centro comercial e de serviços terá obras de mobilidade e segurança com respeito ao meio ambiente; um investimento de R$ 3,5 milhões

A Prefeitura de Volta Redonda apresentou um projeto de revitalização da Rua 33, na Vila Santa Cecília. As obras, que iniciam na próxima semana, visam à mobilidade urbana com acessibilidade, modernidade, segurança e respeito ao meio ambiente. Estão previstas melhorias na via, no paisagismo, no mobiliário urbano e nos passeios públicos.

A proposta foi detalhada na noite desta quarta-feira, dia 1º, no gabinete do prefeito Antônio Francisco Neto, que recebeu representantes de entidades ligadas ao comércio e da Caixa Econômica Federal, comerciantes da Rua 33, o diretor da empresa que venceu a licitação para executar a obra, Paulo Vasconcelos, da Irmãos Vasconcelos Ltda., além da presidente da Associação de Moradores da Vila Santa Cecília (Ama-Vila), Quênia Fernanda.

A revitalização vai adequar o local às necessidades atuais da população. Patrimônio histórico de Volta Redonda, a Rua 33 foi planejada para ocupação residencial e, hoje, é um dos maiores centros comerciais e de serviços do município, atraindo pessoas de toda região. Com o número crescente de estabelecimentos de diversos setores, com destaque para área gastronômica e de serviços de saúde, o local precisa estar realmente acessível para todos.

A obra será realizada dividida por setores, no sentido Praça Pandiá Calógeras, Praça Brasil. O primeiro trecho beneficiado vai da Rua Sessenta até a Rua 56. Além da nova pavimentação da pista de rodagem, estão previstas adequações no piso das calçadas, com acessibilidade para cadeirantes e deficientes visuais; modernização dos pontos de ônibus; plantio de novas mudas de árvores, na maioria arbustos com floração; e implantação de paraciclo, estrutura que permite apoiar e trancar a bicicleta de forma segura.

O prefeito Neto afirmou que todo planejamento da obra foi pensado para não prejudicar o comércio, já abalado pela pandemia da Covid-19. “Sabemos que o comércio é um dos setores que mais gera empregos no município”, disse, acrescentando que a obra vai, justamente, facilitar a circulação de pessoas e atrair mais clientes, tanto para o comércio como para as empresas de prestação de serviços.

Neto lembrou ainda que a Rua 33 já foi beneficiada pelo programa que prevê a substituição das lâmpadas por Led em todos os centros comerciais do município. “A medida, mais do que economia de energia, traz segurança para a população”, falou o prefeito.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Volta Redonda (CDL-VR), Gilson de Castro, reforçou que o projeto de revitalização da Rua 33 vai melhorar a circulação das pessoas, o que impacta positivamente no comércio, tanto de produtos, quanto de serviço. "Será uma obra muito importante, mesmo que, durante um período cause transtorno, porque não há como fazer sem ele, os benefícios serão enormes e ficarão por muitos anos”, disse.

“O prefeito Neto vem a cada dia mostrando esse compromisso e essa preocupação com a nossa economia, com o comércio e com a população, cuidando com carinho da cidade, da geração de empregos. E a CDL tem sido parceria nos projetos que ajudam nesse desenvolvimento econômico e de qualidade de vida", afirmou Gilson.

O vice-presidente do Sicomércio-VR (Sindicato do Comércio Varejista de Volta Redonda), Levi de Freitas, também destacou os benefícios da obra. "Nossa cidade estava precisando desse cuidado, de melhorias na urbanização e temos visto isso com a nova iluminação pública”, falou.

O presidente da Aciap-VR (Associação Comercial, Industrial e Agropastoril de Volta Redonda), Luiz Fernando Cardoso; os secretários municipais de Desenvolvimento Econômico, Sérgio Sodré, e de Transporte e Mobilidade Urbana, Paulo Barenco; o presidente da EPD (Empresa de Processamento de Dados), Edvaldo Luiz Silva; o assessor especial da prefeitura, Deley de Oliveira; e o empresário Rogério Loureiro também assistiram a apresentação do projeto de revitalização da Rua 33 feita pelo;o presidente do IPPU (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano), Abimailton Pratti da Silva.

Reunião também marcou o pré-lançamento da campanha de Natal de Volta Redonda

O prefeito Neto aproveitou a presença do presidente da CDL, Gilson de Castro, para fazer o pré-lançamento da campanha de Natal, realizada em parceria com a entidade. “Vamos iluminar toda a cidade, principalmente os centros comerciais. Teremos um Natal alegre, iluminado, sem esquecer que estamos numa pandemia”, afirmou.

“Mesmo a Rua 33, que estará em obras, será iluminada. E a obra será interrompida entre os dias 15 e 25 de dezembro, por conta da proximidade com o Natal e aumento do fluxo de pessoas no comércio. O Natal é a principal data para o setor e temos que trabalhar para apoiar a recuperação do comércio em nossa cidade”, acredita Neto.

Gilson elogiou a preocupação da prefeitura em dar uma pausa na obra durante o mês de dezembro, quando aumenta o movimento por conta das compras de Natal. "O cronograma prevê esse período para que não haja tanto transtorno com o trânsito, o que mostra planejamento, comprometimento. Estamos com boas expectativas”, comentou.

 

Foto: Ana Paula Silva- Secom/PMVR