Órgão encerrou o mês com a realização da IV Conferência Municipal da Juventude

A Coordenadoria Municipal da Juventude (CoordJuv) realizou na tarde desta terça-feira, dia 31, a cerimônia de encerramento da IV Conferência Municipal da Juventude, que teve como tema: “Novas Perspectivas para a Juventude”. Também foram encerradas as atividades promovidas em agosto, comemorado como Mês da Juventude. A solenidade presencial ocorreu no auditório da Escola Técnica Pandiá Calógenas (ETPC) e foi transmitida pelas redes sociais da Coordenadoria Municipal.

Na mesa de autoridades estiveram o assessor especial Deley de Oliveira, representante do prefeito Antônio Francisco Neto; a coordenadora municipal da Juventude, Larissa Garcêz; o vereador Paulinho AP; Lucas Gama, consultor de Relações Institucionais da Fundação CSN; Pablo William, representante do Conselho da Juventude; Kaique Maia, representante do Comitê de Políticas Municipais para a Juventude (PMJ) e a secretária municipal de Planejamento, Transparência e Modernização da Gestão (Seplag), Cora Peixoto.

Larissa Garcez fez um balanço das ações do Mês da Juventude e divulgou que foram realizadas mais de 70 atividades com o apoio de diversas secretarias e entidades. “Agradeço muito as secretarias que estiveram nos apoiando e os órgãos da cidade como a CDL-VR, Movimento Ética na Política, Sebrae, Degase, Igreja Presbiteriana Viva (IPV), Volta Redonda sem Homofobia e muitas pessoas que abraçaram a nossa conferência”, disse ela, relembrando que para se chegar ao evento final foram realizadas pré-conferências em 12 bairros, através dos Cras (Centro de Referência da Assistência Social).

“Nestas 12 comunidades, que abrangem os bairros no entorno, tivemos a participação de mais de 200 jovens, e colhemos mais de 180 propostas”, explicou Larissa, completando que na conferência participaram 42 pessoas presencialmente e mais de 110 participações foram online para debater os eixos temáticos.

“Atendemos em agosto, 28.362 pessoas direta ou indiretamente, inclusive pelas redes sociais. Ainda fizemos mais de 300 atendimentos no Centro Oportunizar, que inauguramos este mês na Vila Santa Cecília. Isso só foi atingido por causa da nossa equipe, do Comitê da Juventude e das Comissões de organização do Mês da Juventude e da Conferência Municipal. Tudo foi conseguido com uma construção coletiva e agradeço de coração a todos que se dedicaram nesses 31 dias de agosto”, disse ela.

Sobre a realização da IV Conferência, Larissa frisou que o município estava há mais de quatro anos sem realizar o encontro. “Volta Redonda sempre foi pioneira em Políticas para Juventude e estaríamos indo para a quinta conferência se ela tivesse sido realizada em 2019, mas não ocorreu. E todas as outras foram realizadas durante os governos do prefeito Antonio Francisco Neto”, relembrou.

“Fiquei feliz com participação de jovens de toda a cidade na Conferência. Posso afirmar que isso nunca aconteceu e me orgulhou muito. Temos consciência que o nosso trabalho é feito para mais de 60 mil jovens da cidade e isso nos cobra responsabilidade”, completou ela.

O representante do Comitê da Política Municipal da Juventude, Kaíque Maia, destacou que a Conferência foi uma etapa de decisão. “Ao longo do mês tivemos ações de discussão como a que tivemos ontem com várias temáticas, e varias frentes para a juventude. Vimos bastante riqueza nisso, e discutimos sobre como cada região da cidade pensa e como podemos construir política pública para juventude na Educação, Esporte e Lazer, Saúde, Acesso a Justiça e Diversidade, entre outros. E com as discussões poderemos cobrar uma ação efetiva do poder público”, enfatizou.

Pablo William, representante do Movimento Estudantil Universitário do Conselho da Juventude, informou que o grupo vai trabalhar em conjunto com a Coordenadoria. “A coordenadoria está fazendo um trabalho incrível. E acredito neste projeto, assim como os membros do Conselho também acreditam. Queremos atuar em toda a cidade na periferia e queremos dar a nossa contribuição como Conselho”, disse ele.

O assessor Deley de Oliveira disse que o governo municipal tem a política de ouvir as pessoas e, principalmente, os jovens. “Não podemos perder a capacidade de discussão e debates, e a Coordenadoria da Juventude está cumprindo bem este papel. A partir destes debates vamos construir uma política sólida com a participação dos jovens. Parabéns a todos pela participação e vamos trabalhar muito, pois o governo está comprometido com a juventude”, disse Oliveira.

Eleição do Conselho
Durante a Conferência foi realizada a eleição do novo Conselho Municipal da Juventude, ocorrida na tarde de segunda-feira, dia 30. A composição do Conselho é formada por 15 cadeiras com representantes de Organizações Não Governamentais (ONGs) e Movimentos Sociais Organizados, associações de moradores, entre outros. A ata completa dos eleitos e a votação estão disponíveis no site da Coordenadoria da Juventude.

Novo site da Coordenadoria
No final da cerimônia foi apresentado o novo site da Coordenadoria, que já está no ar e poderá ser acessado pelo endereço https://juventude.voltaredonda.rj.gov.br/. A produção do site foi feita em parceria com alunos dos cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Design da Agência Integrada do Centro Universitário de Volta Redonda (UniFOA). Nele, os visitantes poderão ver fotos dos eventos realizados pela Coordenadoria, os 11 eixos da Política da Juventude, notícias do governo, Centro Oportunizar, Conselho Municipal da Juventude, vídeos da Coordenadoria, entre outros serviços.

Foto: Divulgação/PMVR