Ação preventiva visitou lojas e prédios para avaliar condições das fachadas. Atividade faz parte da Semana de Prevenção a Acidentes

A Defesa Civil de Volta Redonda realizou nesta segunda-feira (30) uma fiscalização preventiva nas condições de conservação das marquises de lojas e prédios da Avenida Amaral Peixoto, no Centro. Durante o trabalho, 14 proprietários de imóveis foram notificados por irregularidades na estrutura, sendo elas: infiltrações, rede elétrica/ferragens expostas ou sob risco de curto-circuito ou queda de emboço.

A atividade faz parte da Semana de Prevenção a Acidentes (Sepac), que teve início neste dia 30 e vai até o dia 3 de setembro. De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Volta Redonda, Rubens Siqueira, as notificações têm caráter preventivo.

“Essas 14 notificações expedidas quanto às irregularidades detectadas, visam alertar para a necessidade de medidas corretivas, com acompanhamento de responsável técnico (engenheiro ou arquiteto), bem como realizadas orientações para manter a estabilidade e segurança das marquises com as manutenções preventivas. Não houve nada grave, mas o ideal é que essas obras sejam realizadas o quanto antes. Vamos dar tempo hábil para que essas manutenções ocorram”, frisou Rubens.

O próximo passo da Defesa Civil é encaminhar um documento ao IPPU (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano) com as condições de conservação encontradas. A autarquia ficará responsável por uma nova vistoria.

Foto: Divulgação/Secom PMVR