Aterrado e Centro foram beneficiados pelo projeto ‘Reconstruindo VR’ nesta semana; equipe também esteve no Vila Brasília e Jardim das Américas

A Prefeitura de Volta Redonda mantém os serviços de manutenção da cidade como uma das prioridades. Nesta semana, o projeto “Reconstruindo VR” beneficiou ruas do Aterrado e Centro com ações pela mobilidade urbana. As equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (SMI) também estiveram em bairros periféricos do município, executando serviços de limpeza e retirada de entulho.

Na Avenida Oscar de Almeida Gama e Rua Deputado Geraldo Di Biase, no Aterrado, houve a implantação de novas caixas coletoras de água pluvial. O adendo na rede vai impedir o acúmulo de água nas vias que chegava a invadir estabelecimentos comerciais e prejudicava o trânsito.

O secretário de Infraestrutura, Jerônimo Teles, explicou que o período de estiagem é ideal para a execução deste tipo de serviço. “O ‘Reconstruindo VR’, lançado em março, é um projeto de ações diárias, mas o clima seco facilita algumas ações”, ressaltou.

Na Avenida Amaral Peixoto, foi realizada a troca de tampa de acesso à rede. O tampão sofre desgaste por ficar na faixa seletiva de transporte coletivo e pode provocar acidente de trânsito se não for substituído.

Nos bairros Vila Brasília, na Rua C1, e no Jardim das Américas, foi executado serviço de limpeza e coleta de entulho.


Reconstruindo VR

Idealizado para recuperar e manter a limpeza de vias e locais públicos de Volta Redonda, o Reconstruindo VR já passou por toda cidade. E mesmo os bairros já visitados serão novamente beneficiados, pois o projeto de manutenção é permanente.

Entre os serviços executados pelos 150 funcionários da SMI estão limpeza, retirada de entulho, capina, roçada, buracos no asfalto, troca de manilhas de rede de água pluvial, limpeza das margens de córregos e podas de árvores, entre outros.

 

Foto: Divulgação/PMVR