Como parte das comemorações do aniversário de 67 anos, a Secretaria Municipal de Ação Comunitária (Smac) inaugurou na manhã desta sexta-feira, dia 16, a revitalização do Centro de Referência da Assistência Social (Cras) João Silveira Filho, localizado no bairro Voldac. A unidade havia sido reaberta no início do ano, após ficar fechada por quase um ano por causa da pandemia. O Centro Social também atende aos moradores dos bairros São João Batista, Jardim Caroline e Vila Dr. Arnaldo, contemplando cerca de 1.320 famílias cadastradas na unidade.

Segundo a coordenadora do Departamento de Proteção Básica, Rosane Marques, a Branca, com as melhorias promovidas pela Smac, a comunidade está recebendo um espaço mais agradável e confortável.

“Vamos implantar muitas ações para fortalecer, principalmente, as famílias. No nosso Cras haverá atividades para pessoas de 0 a 100 anos, porque aqui acolhemos a todos. Teremos ainda oportunidades para inserção no mercado de trabalho, inclusão produtiva, parcerias com universidades para a realização de ações; além de oficinas de geração de renda, culinária, cabeleireiro e a inclusão digital com o Telecentro”, destacou a coordenadora, que em seguida, apresentou a equipe do Cras aos convidados.

Marco Antônio Euzébio Alves, o Marquinho da Voldac, presidente da associação de moradores, agradeceu ao secretário Munir pela reabertura do Cras. “Somos 4.500 moradores e temos muitas necessidades. Sei que este governo vai olhar pelos nossos quatro bairros. O Cras renovado já representa a presença do governo do Neto aqui em nosso bairro”, elogiou Marquinho.

Dona Maria Borges, 70 anos, disse que sentiu muita falta no período em que a unidade estava fechada. “Pedia a Deus para reabrir logo, pois o Cras é muito importante para nós idosos. O Cras voltou a ficar lindo”, disse ela, que ajuda a cultivar o jardim e o pomar da unidade.

A coordenadora do grupo de Convivência Esperança, Romely de Souza, disse que os idosos já estão se organizando para retomar as reuniões no Cras. “Queremos voltar a participar das oficinas de artesanato e das aulas de dança e ginástica. Estamos felizes com esta volta do Cras”, comemorou.

O secretário Munir Francisco lembrou que quando assumiu a pasta da Smac em janeiro encontrou todos os Cras, praticamente, fechados. “Todas as 35 unidades estavam sem atividades ou funcionando precariamente. Muitos deles, quando abertos, tinham somente um funcionário atendendo a comunidade com a porta trancada”, salientou ele, frisando, que, até o momento, 22 unidades já estão em pleno funcionamento. “Fico muito feliz em entregar esta revitalização para os moradores. Isso faz parte da reconstrução da nossa cidade”, disse ele.

Munir ainda destacou que a intenção é garantir que Volta Redonda tenha uma assistência social referência no país. “Já fomos referência, mas voltaremos. Isso será possível com o apoio do prefeito Neto, da parceria da Câmara Municipal, da nossa equipe e principalmente da confiança da população de Volta Redonda, que acredita no nosso trabalho. Quero desejar um feliz aniversário para Volta Redonda e que ela volte a sorrir”, disse o secretário, que em seguida puxou um “Parabéns para Você”, em homenagem aos 67 anos da cidade.

Presenças
O evento contou ainda com a presença do filho do homenageado com o nome da unidade e também diretor do Procon de Volta Redonda, o advogado João Silveira Neto, dos vereadores Wander Temponi, Paulinho AP e Rodrigo Furtado, da secretária de Esporte e Lazer, Rose Vilela; Larissa Cortez, da Coordenadoria da Juventude; do coordenador da Defesa Civil, Rubens Siqueira, o coordenador da Subprefeitura, Jorge Ricardo da Silva, entre outros.

Coluna Reta
Ainda no evento foi realizada uma palestra do Projeto “Coluna Reta”, pelo ortopedista Dr. Juliano Coelho. A iniciativa é dedicada à prevenção e diagnóstico precoce da escoliose idiopática, em crianças e adolescentes entre seis e 18 anos. Durante a palestra, foi avisado aos moradores que haverá consultas gratuitas na Policlínica da Cidadania, no dia 23 de julho, para atender ao público do bairro Voldac. Os interessados devem se inscrever na administração do Cras. Um ônibus será disponibilizado para levar e trazer os inscritos.

 

Foto: Geraldo Gonçalves- Secom/PMVR