Alunas serão preparadas para saber lidar com situações de abuso, a fim de prevenir que cheguem a episódios de violência

A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SMEL) lança neste sábado (17), no aniversário de Volta Redonda, o programa “Mulheres de Aço”, em parceria com o Governo Federal. O projeto visa incentivar o protagonismo feminino através de técnicas de defesa pessoal por meio das artes marciais, como o jiu-jitsu e kickboxing, por exemplo. As alunas serão preparadas para saber lidar com situações de abuso, a fim de prevenir que cheguem à violência. O evento de lançamento ocorre às 10h, embaixo da Biblioteca Municipal Raul de Leoni.

“O programa não é só de lutas. Na verdade, usa os professores de luta com uma técnica muito voltada para o protagonismo da mulher, para que ela não se sinta inferiorizada e perceba uma série de situações para não deixar chegar até o ponto, realmente, do confronto corporal. Trabalharemos, principalmente, com a parte física e emocional de mulheres, incluindo aquelas que já sofreram algum tipo de violência”, destacou a secretária de Esporte e Lazer de Volta Redonda, Rose Vilela.

O “Mulheres de Aço” tem a ex-lutadora de MMA e campeã mundial de jiu-jitsu, Érica Paes, como embaixadora. Ela participará do lançamento e fez o convite às mulheres da cidade para participarem também.

“Neste sábado, aniversário de Volta Redonda, quem ganha o presente são as mulheres do município. Vamos estar lançando o programa 'Mulheres de Aço', um projeto de enfrentamento à violência contra as mulheres. Espero e conto com a presença de todas. Juntas somos mais fortes”, convidou.

Aulas e rede de atendimento às mulheres
As aulas acontecerão de forma fixa de segunda a quinta-feira, no Centro Municipal de Artes Marciais (CEMAM). De forma itinerante, sempre às sextas-feiras, o projeto vai oferecer atividades em outros bairros. Alguns locais já confirmados como o Verde Vale, Três Poços e São Sebastião, além de localidades que já possuem uma estrutura física que comporte as atividades. Os horários ainda serão definidos, conforme a formação das turmas.

Participantes
Interessadas em participar podem se inscrever diretamente no CEMAM, que fica na Arena de Atletismo, no bairro Voldac, das 8h às 12h e das 13h às 18h. As alunas também serão encaminhadas por uma rede de atendimento à mulher da cidade; que envolve a Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher), os Cras (Centro de Referência e Assistência Social), a SMIDH (Secretaria da Mulher, Idosos e Direitos Humanos) e demais locais de assistência à mulher. Outras informações podem ser obtidas através do telefone: (24) 3339-2105.