Estão previstos a entrega de mais 123 cartões para novos beneficiados nesta quarta-feira, 14

Nesta quarta-feira, dia 14, a Prefeitura de Volta Redonda, através da Secretaria Municipal de Ação Comunitária (SMAC), vai entregar mais 123 cartões do Supera RJ para as novas famílias selecionadas pelo Estado que receberão o auxílio. Os cartões serão entregues na sede da SMAC, das 9h às 16 horas.

Os beneficiários estão sendo avisados a comparecer à Smac através de mensagens de texto enviadas pelo celular e ligações telefônicas. A distribuição dos cartões é realizada pela prefeitura através de uma parceria com o Governo do Estado.

O Supera RJ é um programa de renda mínima que tem como objetivo o enfrentamento e a superação da crise econômica causada pelas medidas de combate ao novo coronavírus, priorizando o cidadão em estado de vulnerabilidade social e a pobreza no estado do Rio de Janeiro.

Para receber o benefício é preciso que as famílias estejam vinculadas ao CadÚnico. Basta acessar o site (www.superarj.rj.gov.br) e informar o CPF para saber se tem direito ao auxílio.

Também foi liberada a concessão de crédito para microempresas e trabalhadores individuais que tiveram os negócios afetados pela pandemia. O valor de financiamento é de até R$ 50 mil sem juros. Já para autônomos e profissionais informais o valor chega a até R$ 5 mil. O prazo máximo é de 60 meses, com carência variando de seis a 12 meses. Sem juros, os créditos são financiados pelo Fundo Estadual de Fomento ao Microcrédito Produtivo Orientado para Empreendedores. Os créditos podem ser solicitados no site: www.agerio.com.br.

A subsecretária de Ação Comunitária, Carla Duarte, ressaltou que o auxílio emergencial é de R$ 200, com acréscimo de R$ 50 para cada filho, limitado a dois menores.

“São famílias que deveriam estar recebendo o Bolsa Família, do Governo Federal. Com a criação do Supera RJ essas famílias que estão precisando do auxílio estarão amparadas. O benefício já foi concedido a outras 250 no município, no início do mês passado. Essa é a segunda remessa. Outras ainda virão”, disse a subsecretária.

 

Foto: Divulgação/PMVR