Restruturação dará melhores condições de trabalho para a equipe


Para garantir um atendimento de excelência para a população e mais qualidade para o trabalho da equipe, a prefeitura de Volta Redonda reestruturou toda a sede da Defesa Civil do município. O local chegou a ser ameaçado de interdição, principalmente pelos numerosos problemas estruturais. Além de muita sujeira, o cenário encontrado tinha vazamento de esgoto, infiltração e rede elétrica precária.

Os banheiros não tinham vasos sanitários e o esgoto passava a céu aberto; as paredes estavam quebradas e descascadas, com emboço soltando e colocando em risco a vida da equipe; havia infiltrações na maioria dos cômodos, o que poderia causar curto circuito nas instalações elétricas, que também estavam precárias; o almoxarifado estava com a porta totalmente pobre, o que permitia a entrada de animais. Além disso, no local não havia nenhum extintor de incêndio e a iluminação contava com apenas seis lâmpadas.

Com a reforma, o ambiente está totalmente humanizado. Foram removidas as infiltrações, vazamento de esgoto, as paredes foram descascadas e emboçadas. Foi feita também a revisão na parte elétrica e reposição dos extintores de incêndio. Para garantir a estabilidade e segurança do prédio, foram utilizados 15 sacos de cimento em uma acomodação de solo na àrea dos fundos da sede, que estava com afundamento de piso.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Rubens Siqueira, com a reestruturação do espaço será possível melhorar a produtividade e a autoestima da equipe.

“O objetivo da administração municipal foi de reconstruir toda a destruição que o governo anterior deixou, ao longo dos quatro anos, tanto na estrutura física tanto na questão de motivação dos servidores. Tenho certeza que essa reestruturação vai contribui para a melhoria da produtividade dos colaboradores, que ficam mais dispostos e motivados, além de aptos emocionalmente para entregar resultados, pois eles se sentem respeitados”, disse o coordenador.

Foto: Divulgação/PMVR