Localização dos parentes foi possível graças ao trabalho em conjunto da Smac e a Guarda Municipal

A família de um homem em situação de rua foi encontrada após auxílio da rede de apoio da Prefeitura de Volta Redonda. A localização dos parentes foi possível graças ao trabalho em conjunto da Smac (Secretaria Municipal de Ação Comunitária), por meio do Serviço Especializado em Abordagem Social, e a Guarda Municipal. O reencontro ainda não aconteceu. Enquanto isso, o homem segue sendo acompanhado por profissionais da Smac e da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

O homem de 50 anos foi encontrado nas ruas da cidade com estado de saúde fragilizado. Ele foi submetido a tratamento de saúde, sendo necessária internação, onde ficou por 22 dias no Hospital São João Batista. Ao receber alta, o homem foi encaminhado ao Albergue Municipal Seu Nadim (espaço de acolhimento provisório), onde está até hoje. No local, ele tem recebido acompanhamento médico, inclusive de profissionais da Saúde Mental, e de assistentes sociais.

A Smac já fez contato com um irmão do homem, que sinalizou o desejo de reencontrá-lo, no entanto, isto ainda não ocorreu. Os técnicos continuam trabalhando para viabilizar o retorno dele ao seio familiar.

O encontro do familiar do homem foi possível graças ao serviço de Inteligência da Guarda Municipal. Os agentes descobriram que ele possuía parentes em várias cidades e estados, mas que um de seus irmãos, morador de Japeri (RJ), seria policial militar no estado do Rio de Janeiro. Com apoio da Polícia Militar, foi feito contato com o irmão do homem, que agradeceu e revelou que a família não o via há 4 anos e o procurava.

“A Guarda Municipal com apoio da Smac realiza este trabalho para devolver dignidade a essas pessoas. Algumas têm problemas de saúde, outras foram parar nas ruas por conflitos familiares, então através do nosso sistema conseguimos detectar o paradeiro do familiar e a Smac com seus técnicos fazem o contato e avaliam se pode haver o retorno ao lar ou não. É um serviço de acolhimento mesmo. Sempre que os nossos agentes identificam alguém em situação de rua, acionamos a Smac e eles também nos chamam para auxiliar nas abordagens”, destacou o comandante da Guarda Municipal de Volta Redonda, João Batista dos Reis.

Outro reencontro que está próximo de acontecer é o de um rapaz de 23 anos com sua família. Natural de Juiz de Fora (MG), ele foi encontrado em situação de rua em Volta Redonda pelo Serviço Especializado em Abordagem Social. Após diversas pesquisas feitas pela Guarda Municipal, uma tia do jovem foi encontrada. A mulher viabilizou o contato com a mãe do rapaz, que ficou alegre em receber informações sobre o filho. O jovem segue sendo acompanhando pelos técnicos da Smac.

Atendimento a pessoas em situação de rua
Para continuar ajudando na reconstrução dos vínculos familiares e na reinserção social, a Smac vem intensificando as ações para ajudar pessoas em situação de rua em Volta Redonda. O Serviço Especializado em Abordagem Social, por exemplo, promove busca ativa às pessoas em situação de rua, com objetivo de estabelecer vínculos de confiança para que esses indivíduos ingressem na rede de proteção do município ou promova a reinserção familiar. Além disso, a equipe formada por assistente social, psicólogo e educador social faz a identificação dessa população; o mapeamento de crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil e exploração sexual; uso substâncias psicoativas; assim como outras incidências.

Além do Serviço Especializado em Abordagem Social, o governo municipal oferece uma rede de atendimento que contempla unidades como o Centro Pop e o Albergue Municipal Seu Nadim.

O Centro Pop oferece às pessoas em situação de rua, alimentação, higiene pessoal, serviço de retirada de documentos, contato familiar, atendimento psicossocial, além de receberem encaminhamentos necessários à construção do Plano de Acompanhamento Individual ou Familiar. Já o Albergue Seu Nadim é um espaço de acolhimento provisório de munícipes em situação de rua, encaminhados pelo Centro Pop, a fim de resgatar os vínculos familiares, sociais e comunitários, assegurando a autonomia dos usuários.

A rede municipal de Assistência Social conta também com o Serviço de Atendimento ao Migrante (SAM). Após o atendimento no Centro Pop, o SAM oferta a concessão de passagem rodoviária aos usuários em trânsito. A unidade fica na Rodoviária Municipal, mas é necessário que todo e qualquer usuário seja atendido anteriormente pelo Centro Pop.

Parcerias
Os migrantes atendidos pelo SAM também são beneficiados com o serviço de pernoite, oferecido em parceria com o Serviço de Obras Sociais (SOS), da Sociedade São Vicente de Paula. Nos casos de necessidade de local para dormir até que a documentação seja providenciada e o atendido seja encaminhado para a cidade de sua origem, o SOS oferece pernoite até que ele possa embarcar.

O atendimento à população em situação de rua também é feito através de parcerias dentro da própria prefeitura, como o “Consultório Na Rua”, realizado em conjunto pelas secretarias de Saúde (SMS) e de Ação Comunitária. A parceria com a SMS envolve ainda o Programa de Saúde Mental, que tem como objetivo atender as pessoas em situação de rua que são dependentes químicos, usuários de álcool e outras drogas, entre outros.

Serviço
O Albergue Seu Nadim fica na Rua 560, s/nº, no bairro Nossa Senhora das Graças. Já o Centro Pop está localizado na Rua Geraldo Di Biasi, Nº 298, bairro Aterrado (ao lado do Cais Aterrado).

Foto: Cedidas pela Smac