Categoria recebeu a primeira dose da vacina na garagem das empresas de ônibus nesta quarta-feira, dia 09

 

No Dia da Imunização, a Prefeitura de Volta Redonda, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), vacinou contra a Covid-19 508 trabalhadores do transporte coletivo rodoviário de passageiros. A categoria foi incluída no grupo prioritário na campanha de vacinação do Ministério da Saúde. A aplicação da primeira dose da AstraZeneca (Oxford) aconteceu durante toda essa quarta-feira, dia 09, na garagem das empresas de ônibus das viações Sul Fluminense, Elite, Agulhas Negras, Pinheiral e Cidade do Aço.

Além de motoristas e cobradores, também foram vacinados trabalhadores da área administrativa e operacional. Um dos que receberam a vacina contra o novo coronavírus foi o motorista da viação Sul Fluminense, José Rogério Bicário, que trabalha há 17 anos na empresa.

“Estou sentindo um alívio muito grande, pois nós (motoristas e cobradores) corremos risco de contrair o vírus diariamente. Tenho muita esperança na vacinação, me sinto feliz em receber hoje a primeira dose e que Deus nos abençoe para a próxima etapa da vacinação na segunda dose”, disse o motorista.

Outro motorista que recebeu a primeira dose do imunizante foi Fabiano da Silva, funcionário da viação Cidade do Aço. Ele parabenizou o prefeito de Volta Redonda, Antonio Francisco Neto, por realizar a vacinação dos rodoviários no local de trabalho. “Quero agradecer o prefeito Neto por ter priorizado os rodoviários na vacinação, através dessa iniciativa que estou sendo vacinado dentro do meu local de trabalho. Perdi vários amigos para a Covid-19 e outros três estão afastados em decorrência da doença. Agradeço mais uma vez pela vacina”, declarou Fabiano.

Esperança e felicidade foram palavras citadas pelo técnico de segurança do trabalho da viação Sul Fluminense, Johnatan Alves, após ter recebido a vacina. “Felicidade resume esse momento, é uma esperança a vacinação, um marco na história”, declarou Johnatan que trabalha há cinco anos na viação.

O motorista Leandro da Cunha, funcionário da viação Elite, lembrou que a pandemia tem causado perdas e tristeza. “É sem dúvida um alívio a vacinação, perdi vários amigos para a Covid-19 e recentemente um colega de trabalho, dói demais. A vacinação é a única forma eficiente de proteção contra a Covid-19”, comentou o motorista que trabalha há mais de cinco anos na empresa.

O motorista Adenilson Ferreira da viação Elite destacou a vacinação como uma luz no fim do túnel. “A vacina é a esperança em dias melhores”, disse o funcionário que trabalha há sete anos na viação. A motorista da mesma empresa, Patrícia Faria, comentou: “A gente fica feliz com a vacinação com certeza, é um momento especial, de esperança”, disse a funcionária que trabalha na empresa há sete anos.

O motorista da viação Agulhas Negras, Paulo Sérgio destacou que o momento da vacinação foi de satisfação. “Sensação de esperança, estou muito contente em receber a vacina”, disse.

Outro motorista da empresa, Luiz Fernando Vieira, ponderou que o grupo poderia ter sido priorizado desde o início da campanha de vacinação contra a Covid-19. “Feliz por estar sendo vacinado, esperava que a vacina chegasse há mais tempo para nós rodoviários, mas ainda assim a felicidade se faz imensa”, disse o motorista Luiz Fernando Vieira, que trabalha há 11 anos na viação Sul Fluminense.

 

Foto: Geraldo Gonçalves- Secom/PMVR