Vacinação será estendida a todas as comorbidades e deficiências em pessoas a partir de 18 anos, nesta terça-feira, dia 01

A Prefeitura de Volta Redonda, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), vai estender a vacinação contra a Covid-19 nesta terça-feira, dia 01, a todas as comorbidades e deficiências elencadas pelo Ministério da Saúde em pessoas a partir de 18 anos. É necessário apresentar atestado, laudo ou receita médica de pelo menos um ano, que comprove a condição clínica. Além dos documentos como identidade, comprovante de residência, CPF ou cartão do SUS, no ato da vacinação.

O município recebeu hoje, dia 31, a segunda remessa de 1.170 doses da vacina Pfizer (Biontech). Com essa nova remessa, a SMS pretende zerar a fila de comorbidades e avançar na vacinação para outros grupos prioritários começando pelos profissionais de educação. No entanto, a Prefeitura de Volta Redonda esclarece que para ampliar a vacinação é necessária a chegada de mais doses.

A primeira remessa da Pfizer foi destinada prioritariamente a vacinação de gestantes e puérperas com comorbidades, a vacinação para esse público continua. A medida foi adotada após a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) suspender a vacina AstraZeneca (Oxford) para mulheres gestantes.

A vacinação contra a Covid-19 acontece nas Unidades de Saúde (UBS e UBSF), de 08h às 16h, exceto nas unidades dos bairros: 249, Siderlândia, São João, Vila Mury e Volta Grande.

As comorbidades definidas pelo Ministério da Saúde:

-Asma grave
-Anemia falciforme
-Cirrose hepática
-Diabetes
-Doentes renais crônicas
-Doenças cardíacas
-Doenças cerebrovasculares
-Hemoglobinopatias graves
-Hipertensão arterial resistente grau 3, ou grau 1 e 2 com lesão de órgão-alvo
-Imunossuprimidos
-Neoplasias em quimio e/ou radioterapia
-Pneumopatias crônicas graves
-Pessoas com deficiência intelectual ou motoras graves permanentes
-Obesidade com IMC >40
-Síndrome de Down
-Transtornos do Espectro Autista

 

Foto: Divulgação/PMVR