Aplicação da segunda dose da vacina CoronaVac continuará sendo ofertada a partir desta sexta-feira, dia 21, nas Unidades de Saúde, as pessoas que receberam a primeira dose até 06/05/2021

A Prefeitura de Volta Redonda, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), completou o ciclo de imunização contra a Covid-19 de 1.300 pessoas através da aplicação da segunda dose da vacina CoronaVac, somente nesta quinta-feira, dia 20. Este foi o balanço final do drive-thru de vacinação realizado na Ilha São, que contou também com uma área exclusiva para pedestres pela primeira vez.

As pessoas que ainda aguardavam pelo fim do ciclo de imunização foram atendidas nesta quinta-feira, dia 20. O atendimento foi possível com a chegada da nova remessa de 4.170 doses da CoronaVac entregue pelo Governo do Estado na quarta-feira (19).

O drive-thru de vacinação foi marcado por agilidade e organização, além dos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde, universitários voluntários dos cursos de Enfermagem e Odontologia do UniFOA (Centro Universitário de Volta Redonda) participaram das ações de vacinação. As pessoas que receberam a segunda dose da CoronaVac elogiaram a rapidez no atendimento.

“Não tenho nada do que reclamar, assim como no primeiro atendimento na Unidade de Saúde do bairro Cidade do Aço estou sendo bem atendida na área de pedestre do drive-thru”, disse Rosimere da Silva, uma das pessoas que receberam a segunda dose da CoronaVac. “Está muito tranquilo e organizado a vacinação, excelente iniciativa”, disse José Figueiredo, outro vacinado.


Segunda dose da CoronaVac será disponibilizada nas Unidades de Saúde

A Secretaria de Saúde informou que a aplicação da segunda dose da CoronaVac continuará sendo ofertada, dessa vez, nas 46 Unidades de Saúde (UBS e UBSF) nos bairros para facilitar o acesso às pessoas que ainda não foram vacinadas com a segunda dose. No ato da vacinação é necessário apresentar os seguintes documentos: cartão de vacinação da Covid-19, identidade, comprovante de residência (nominal), CPF ou cartão do SUS.

O estoque da vacina CoronaVac foi destinada exclusivamente as segundas doses para as pessoas vacinadas com a primeira dose até o dia 06/05/2021, a data divulgada foi estabelecida pelo Ministério da Saúde como data de corte para a aplicação da segunda dose enviada aos estados e municípios. No entanto, em Volta Redonda, as últimas remessas que chegaram foram utilizadas para atender as segundas doses que já estavam agendadas.

Com o avanço da cobertura vacinal contra a Covid-19, a Prefeitura de Volta Redonda mantém bons números na campanha contra a Covid-19, o município chegou a um total de 31.248 segundas doses aplicadas. Já foi aplicado um total de 111.800 doses, sendo 80.552 primeiras doses, de acordo com o último balanço divulgado pela SMS nesta quinta-feira.

O prefeito Antonio Francisco Neto parabenizou a equipe da Secretaria Municipal de Saúde e anunciou que Volta Redonda receberá mais uma vacina no combate à Covid-19.

“Gostaria de parabenizar a organização do drive-thru para aplicação da segunda dose da CoronaVac. Muita organização e rapidez na vacinação, que atendeu pessoas de carro e também quem foi a pé. Nesta sexta-feira, a vacinação vai aos postos de saúde dos bairros. Outra boa notícia é que Volta Redonda foi incluída na lista de cidades que vai receber uma remessa de vacinas da Pfizer. Ainda vamos saber quantas doses virão e quais as recomendações para público-alvo. Ainda falta muito para gente atingir a nossa meta, que é vacinar toda nossa população. No entanto, é trabalhando muito que vamos conseguir isso”, destacou o prefeito de Volta Redonda.

Programação da vacinação nesta sexta-feira, dia 21

A vacinação contra a Covid-19 acontece de 08h às 16h nas Unidades de Saúde (UBS e UBSF).

2ª Dose CoronaVac – As pessoas vacinadas com a primeira dose até 06/05/2021

2ª Dose AstraZeneca (Oxford) – As pessoas vacinadas com a primeira dose até 26/02/2021

Os estoques da AstraZeneca no momento têm como prioridade garantir as segundas doses sem atrasos, as pessoas que tomaram a primeira dose entre janeiro e fevereiro.

Foto: Divulgação- Secom/PMVR