Iniciativa visa acolher, principalmente, às famílias das vítimas da Covid-19; cadastro para atendimento está disponível no site da prefeitura 

A Prefeitura de Volta Redonda, através da Secretaria Municipal de Saúde, abriu cadastro para Terapia Comunitária Integrativa online. Trata-se de um espaço de acolhimento para promoção da saúde mental em tempos de pandemia. A iniciativa visa amparar qualquer pessoa, principalmente, às famílias vítimas da Covid-19, os interessados devem se inscrever no site da prefeitura: https://new.voltaredonda.rj.gov.br, na aba “Coronavírus – Informações e Vacinação”, preenchendo todos os dados do cadastro. 

As atividades vão acontecer durante a semana, os interessados poderão escolher o dia e horário. A Terapia será realizada diariamente por terapeutas comunitários formados pela Abratecom (Associação Brasileira de Terapia Comunitária Integrativa). 

A Terapia Comunitária Integrativa (TCI) é uma metodologia que tem o objetivo de promover saúde com a construção de vínculos solidários, valorização das experiências de vida dos participantes, resgate da identidade, restauração da autoestima e da confiança em si. Uma das idealizadoras do projeto no município é a médica de família da Secretaria Municipal de Saúde, Silvia Mello dos Santos.  

“Precisamos trabalhar o lado oculto dessa pandemia, o impacto da doença na saúde mental das pessoas. Fomos obrigados a uma nova vida, com restrições, isolamento e regras de distanciamento. Além disso, muitas perdas de familiares e conhecidos, um luto que ninguém esperava passar. Para dar conta deste cenário, a Secretaria Municipal de Saúde, através do departamento de Atenção Primária, resgata a Terapia Comunitária Integrativa, uma modalidade terapêutica já conhecida nesse município, que chegou a ser referência na antiga gestão do prefeito Neto. Agora na modalidade online estará aberta a qualquer pessoa, um espaço inclusivo de cuidado abrangente reconhecido hoje em vários países do mundo, disponível para a nossa população”, explicou a médica, que também é apoiadora da Atenção Primária em Saúde, e terapeuta comunitária.