Mutuários tem até 30 de setembro; prestações em atraso têm até 300 meses com parcelas a partir de R$ 150,00 para quitar imóveis

 

A Companhia de Habitação de Volta Redonda alerta aos mutuários com mais de 4 prestações em atraso na quitação dos imóveis, que terão oportunidades até o dia 30 de setembro para renegociação das dívidas e colocar em dia as prestações da casa própria. A dívida, a depender da idade do mutuário, pode ser paga em até 300 vezes, com prestação a partir de R$ 150,00. O desconto pode chegar até 70% do valor da dívida.

 

O presidente da Cohab e vice-prefeito, Maycon Abrantes, lembrou que ninguém deve perder o prazo e a chance de receber a escritura do imóvel, definitiva, ao fim do processo de quitação.

 

“Os mutuários da Companhia de Habitação não devem perder esta grande oportunidade que está sendo oferecida a todos. Estamos prontos para regularizar o seu contrato para a garantia da escritura da casa própria. É um investimento mais baixo do que qualquer aluguel que a pessoa venha a pagar na cidade, se comparar no mercado imobiliário. É um investimento para a vida toda e a segurança da família”, afirmou Maycon.

 

Mutuários que estão com contratos informais e que comprovarem a renda e que estão há mais de 5 anos no imóvel, também poderão ter os contratos regularizados. Os interessados devem procurar a sede da Cohab, na Avenida Ministro Salgado Filho, 620, bairro Aero Clube. O telefone para contato é o (24) 3339 9523, de segunda às sextas-feiras, de 12h às 17h30min.

 

No período de janeiro a junho, na primeira fase da renegociação, a Cohab conseguiu atender a 75 contratos, recuperando cerca de R$ 2,4 milhões para os cofres da empresa.  Outros 65 contratos do total de 140, entraram na fase de operacionalização com propostas renegociadas e devem gerar uma recuperação total de R$ 5 milhões de contratos renegociados nesta primeira fase. A segunda fase de renegociação foi aberta de junho a setembro, ampliando o tempo máximo para receber novas propostas de acertos financeiros em parcelas que cabem no bolso dos mutuários.

 

Os pagamentos poderão ser feitos em até 300 parcelas, descontos que podem chegar a 70% no valor final do acordo. O último prazo de renegociação é 30 de setembro próximo, para quem quiser aproveitar a oportunidade e comparecer até a sede da Companhia de Habitação de Volta Redonda.

 

Por Afonso Gonçalves – Secom VR