Obra começa em março e deverá ser concluída no segundo semestre de 2019

 

O projeto para o novo Jardim Botânico, que ocupará 2/3 da Ilha são João, já está pronto e as obras terão início em março. A previsão de conclusão é para o segundo semestre desse ano. De acordo com o projeto o local  vai permanecer com as estruturas existentes e ganhará uma grande área de lazer, designado de ‘Lazer Passivo’.

 

Segundo o secretário de meio ambiente, Maurício Ruiz, o lugar não terá muitas estruturas construídas e será destinado para atividades como caminhadas e corrida, com a máxima tranquilidade e sem a circulação de veículos.  Num modelo parecido com o Jardim Botânico da Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro.

 

“Teremos áreas gramadas e caminhos de saibro, ou seja, caminho de terra batida, que não ocasiona lama. Em vários trechos serão instalados pequenas churrasqueiras, bancos e mesas de madeiras com pérgulas, para que as pessoas possam se reunir em família e com amigos”, afirmou o secretário.

 

Maurício contou que vão ser plantadas cerca de 300 espécies diferentes originais da mata atlântica da região. “Serão resgatadas espécies raras, ameaçadas de extinção e todas elas serão identificadas. Além dessas áreas de lazer será construído um lago que servirá para contemplação e para diminuir a temperatura do loca, pois a medida que a água evapora, ela diminui a temperatura ambiente”, completou.

 

A verba foi destinada para esse projeto será referente ao valor de uma multa ambiental que o município recebeu no final do ano passado.  O valor ultrapassa os R$6 milhões e será destinado para programas de conservação da natureza do município, resultando na ampliação da área verde por habitante. Esse valor será aplicado, principalmente em dois projetos: o primeiro deles é a implantação do Jardim Botânico e o outro a arborização das vias urbanas da cidade.

 

Por Renan Ferreira - Secom/VR