A Secretaria da Mulher, Idosos e Direitos Humanos, em parceria com à Delegacia da Mulher fez o acompanhamento da mulher, de 50 anos que foi libertada de cárcere privado. A assistência dada pela secretaria, foi realizada durante todo  o domingo, dia 10.

 

A partir de uma denúncia, a Delegacia da Mulher foi acionada e a mulher, que tem cerca de 50 anos, foi libertada do cárcere, que está sendo investigado pelas autoridades policiais. Em seguida a SMIDH foi acionada para dar auxílio nessa questão.

 

A secretária da pasta, Dayse Penna, destacou a importância das pessoas se encorajarem para fazer denúncias dessas e de outras naturezas. “São ações como essas que a gente sai do estado de omissão e ter a comunidade participando é muito importante. Estamos no mês da mulher e Volta Redonda pode contar com uma rede de enfrentamento composto pela Deam, a SMIDH e a Secretaria de Saúde. Todos estão trabalhando com excelência nesse caso”, frisou a secretaria.

 

A mulher foi encaminhada para o Cais do Aterrado, pois estava  debilitada, desnutrida e em estado de surto. Ela foi atendida pela unidade e está sendo acompanhada por profissionais da saúde até que ela se fortaleça.

 

“Esse tipo de atendimento hoje, só é possível, porque o nosso prefeito Samuca, nos orientou para que criássemos políticas públicas de assistência à mulher. Dessa forma, se perpetua a autonomia da Secretaria e assim, as mulheres que precisam, tem a certeza que na SMIDH, irão encontrar o apoio necessário” finalizou Dayse Penna.

 

Por SecomVR