Evento acontecerá no Aterrado e vai eleger delegados que vão representar o município na edição estadual

 

O Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa e a Prefeitura de Volta Redonda realizam no próximo sábado, dia 4, a 5ª Conferência Municipal dos Direitos do Idoso Volta Redonda que tem como tema "Os desafios de envelhecer no século XXI e o papel das políticas públicas". A conferência, que acontece no Centro Universitário Geraldo Di Biase, no bairro Aterrado, das 8h às 18h, tem como principal objetivo tirar propostas para a construção do Plano Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa. As inscrições podem ser feitas no dia do evento.

 

Segundo os organizadores, durante a conferência serão eleitos quatro delegados que representarão o município na conferência estadual. Serão criados grupos de trabalhos que irão discutir temas como: Direitos Fundamentais na construção / efetivação das políticas públicas; Educação: assegurando direitos e emancipação humana; Enfrentamento da violação dos direitos humanos da pessoa idosa; Os conselhos de direitos: seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas. O evento contará ainda com palestras abordando temas ligados ao direito dos idosos que serão ministradas pelo assistente social Karin Alves e pelo médico e especialista em geriatria, Jose Roberto Barroso Arantes.

 

De acordo com o presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, Kaique Lopes Maia, a conferência municipal é de grande importância na construção democrática das políticas públicas. “São nas conferências que trazemos a sociedade para debater as ações a serem direcionadas ao público-alvo. No caso das políticas de defesa da pessoa idosa, é a nossa chance de aproximar uma população idosa que é bastante grande no município e que precisa contribuir e apontar as melhores formas de resolver problemas, melhorar a qualidade de vida e, sobretudo garantir a construção e o diálogo nas políticas públicas”, disse Kaique.

 

O prefeito Samuca Silva ressalta que a conferência visa mobilizar os integrantes do poder publico e da sociedade para a construção e fortalecimento de propostas que contribuam para o envelhecimento digno da população. “É um momento muito importante, pois dessa conferência sairão propostas que vão embasar a conferência estadual e depois a nacional. Além disso, ela serve para avaliar efetivamente as ações que são realizadas no município para a melhor idade”, disse o prefeito.

 

Por Fátima Santos / SECOMVR