Órgão realizou quase doze mil atos durante o ano passado

 

Em apenas duas horas, um empreendedor de Volta Redonda pode ter o registro de sua empresa emitido pela Junta Comercial do Estado do Rio (Jucerja) na cidade. Além da agilidade, o processo é gratuito e, por isso, atrai pessoas de outros municípios. "Acontece que em Volta Redonda, além de o serviço ser mais rápido, não há cobrança de taxa. Isso é um atrativo a mais", disse o coordenador da unidade, Marcos Vieira da Cunha.

 

Com isso, a delegacia de Volta Redonda registrou 11.665 atos em 2019, o que equivale a quase mil por mês.

 

Marcos explica que a velocidade que a equipe da Jucerja consegue atingir se deve ao treinamento constante da equipe, que é composta por servidores da Prefeitura de Volta Redonda, cedidos para a delegacia.

 

Para registrar uma empresa na Jucerja, é preciso a viabilidade (um documento emitido pela prefeitura, confirmando que a atividade pode ser desenvolvida naquele endereço) e o contrato social com os documentos dos sócios. 

 

A Jucerja funciona na sede da Aciap-VR com atendimento de segunda a sexta-feira, em horário comercial. O empreendedor também pode fazer o registro na sede da prefeitura, na sala do Regin, de segunda a sexta, das 8h às 10h.

 

Secom VR