Criações selecionadas em oficina de desenho para estudantes estão no Facebook da Secretaria de Esporte e Lazer; cada curtida vale um voto

 

As criações dos cinco finalistas do concurso para escolha do mascote dos Jogos Estudantis de Volta Redonda (Jevre) 2020 já estão disponíveis para votação no Facebook da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel). Estão na página os cinco trabalhos selecionados durante oficina de desenho para estudantes das redes Municipal, Estadual e Particular de ensino realizada nos dias 02 e 03 de setembro, no Centro Cultural da Fundação CSN, na Vila Santa Cecília.

 

A votação popular fica aberta até 23h59 do dia 4 de outubro. Vence o desenho que tiver mais curtidas e os três primeiros ganham prêmio. A revelação do desenho campeão será feita durante a festa de encerramento do Jevre 2019, na primeira quinzena do mês de outubro. No ano passado, foram quase dez mil likes no total. 

 

Os concorrentes são o Mano VR, desenho do Felipe Castro Rodrigues, representante do Colégio ICT; Katy, criado pela estudante Mariana Sueli de Lima Couto, do Colégio Municipal Getúlio Vargas; Harmonia, de Fabricio Gustavo Gomes, da Escola Municipal Damião Medeiros; Wolf, do aluno Gustavo Gabriel Pessanha de Souza Silva, do Colégio Municipal Professora Delce Horta Delgado; e Stormy, de Carolina Vitória de Carvalho Guimarães, estudante da Escola Municipal João Haasis, vencedora do concurso no ano passado. 

 

Caroline tem 11 anos e está no 5º ano do ensino fundamental. Ano passado ela venceu com a Raposa Foxi, que foi a mascote do Jevre 2019. “Me inspirei em animações que assisto e pensei em trazer um animal diferente, com a agilidade de um atleta para representar os jogos”, disse Caroline, que espera vencer novamente.

 

A pré-seleção ficou a cargo do desenhista Cristóvão Villela, instrutor da oficina. Ele explicou que, durante os dois dias de trabalho, orienta os estudantes a executarem com mais técnica as ideias que têm. “O que faço é valorizar a criação de cada um”, disse.

 

O concurso foi implantado pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel) em 2017 e desde o ano passado conta com a parceria da Fundação CSN no projeto. “O objetivo é envolver cada vez mais os estudantes em nosso Jevre. Com isso, conseguimos estimular a criatividade através da arte, valorizando a representatividade das escolas no viés Esportivo e Cultural, onde todos possam se sentir parte desse movimento de representação de sua escola”, explicou a secretária Maria Paula Tavares.

 

Por Renata Borges com fotos de divulgação – Secom VR