Evento em Volta Redonda, neste sábado, dia 16, prepara para Conferência Municipal que será em abril

 

O município de Volta Redonda realiza neste sábado, dia 16, a Pré-Conferência de Saúde. O evento, que vai discutir “Saúde como Direito”, “Consolidação do SUS (Sistema Único de Saúde), reafirmando os princípios do SUS” e “Financiamento do SUS”, é preparatório para a 12ª Conferência Municipal de Saúde, que será entre os dias 12 e 14 de abril.

 

O evento deste fim de semana, no Auditório do UGB (Centro Universitário de Volta Redonda), deve reunir cerca de 500 pessoas em dois horários: das 8h às 12h e das 13h às 17h. Os representantes das unidades da Atenção Básica da Secretaria de Saúde de Volta Redonda serão divididos em Distritos 1 e 2 pela manhã e 3 e 4 na parte da tarde.

 

De acordo com a diretora do Departamento de Informação, Planejamento, Inovação e Qualidade da Secretaria Municipal de Saúde, Marina Marinho, toda sociedade civil pode participar das discussões. “Estão convidados os conselheiros municipais, usuários do SUS, profissionais de saúde, gestores e prestadores de saúde”, disse.

 

O secretário de Saúde de Volta Redonda, Alfredo Peixoto, lembra que a participação dos profissionais de saúde e usuários do SUS é importante para a discussão e implementação de políticas públicas que atendam os dois lados. “É muito importante a participação de toda a sociedade. O evento propõe metas e ações para o setor, que devem refletir os anseios da população”, disse.

 

O prefeito do município, Samuca Silva, acredita que a reflexão sobre o direito ao serviço público de saúde e o funcionamento do SUS pode ser esclarecedor tanto para o prestador como para o usuário. “E com esse conhecimento, podem surgir propostas dentro do contexto municipal que melhore o atendimento no setor”, falou.

 

A programação vai se repetir pela manhã e à tarde. O dia começa com a inscrição dos participantes às 8h; segue com mesa de abertura, com a presença do secretário de Saúde de Volta Redonda, Alfredo Peixoto. Em seguida, haverá palestra sobre “Democracia e Saúde”, ministrada pelo presidente do Conselho Municipal de Saúde do município de Mangaratiba, Paulo Filgueiras Firmino Tavares.

 

Após a palestra, os participantes são divididos em três grupos temáticos para discutir: “Saúde como Direito”, “Consolidação do SUS (Sistema Único de Saúde), reafirmando os princípios do SUS” ou “Financiamento do SUS”. Para encerrar, os relatores de cada turma fazem apresentação da conclusão em plenária.  

 

A distribuição das Unidades Básicas de Saúde e de Saúde da Família por distritos é a seguinte:

 

Distrito 1: Rústico, Eucaliptal, 249, São Lucas, São Carlos, Conforto, Ponte Alta, Monte Castelo, Jardim Belmonte, Belmonte, Siderlândia, Padre Josimo.

 Distrito 2: Roma 1, Roma 2, Vila Rica/Tiradentes, Siderópolis, São João, São Geraldo, Jardim Belvedere, Jardim Paraíba, Água Limpa I, Vila Rica/Três Poços, Três Poços/FOA.

 Distrito 3: Jardim Cidade do Aço, Açude I e II, Retiro I e II, Vila Mury, Verde Vale, Belo Horizonte, Vila Brasília, Coqueiros, Mariana Torres.

Distrito 4: Santa Rita do Zarur, Santa Cruz, Candelária, São Luiz, Dom Bosco, Nova Primavera, Caieiras, Volta Grande, Santo Agostinho, Vila Americana.

 Por Renata Borges – Secom/VR