Expectativa da prefeitura de Volta Redonda é geração de quatro mil empregos

 

O Projeto de Lei de possibilita a criação do Polo Metalmecânico em Volta Redonda foi aprovado nesta quinta-feira, dia 16, pela Alerj. O projeto, que visa garantir incentivos fiscais para empresas beneficiadoras de aço, vai agora para a sanção do governador Wilson Witzel. O anúncio foi feito em reunião entre o prefeito Samuca Silva e o deputado estadual Gustavo Tutuca.

 

Só em Volta Redonda sete empresas estão com protocolados de intenção assinados esperando a aprovação do projeto de lei para se instalarem no município. Com a vinda dessas empresas, cerca de quatro mil empregos devem ser gerados lá.

 

O prefeito Samuca Silva comentou que esse é um grande presente para Volta Redonda. “Foi um projeto que começou em 2017, em uma reunião entre a prefeitura e a Companhia Siderúrgica Nacional e cresceu ao ponto de virar um projeto de lei estadual. O projeto vai permitir uma maior competitividade aos municípios do Rio”, comemorou o prefeito.

 

As empresas interessadas em se instalar em Volta Redonda estão em outros estados, como Minas Gerais e São Paulo. Mas visam, por atuarem com beneficiamento de aço, estar mais próximas da CSN para diminuição de custos.

 

O projeto de lei foi elaborado pelo deputado estadual Gustuvo Tutuca, que celebrou a aprovação do projeto. “É o Projeto de Lei mais importante de todos os meus mandatos. Ele vai criar condições para geração de milhares de empregos na cidade e na região”, afirmou o deputado Gustavo Tutuca.

 

Secom VR – com fotos de Felipe Carvalho