Smac, SMI, Defesa Civil, Saae e SME seguem realizando atividades de limpeza e assistencialismo à população.

 

A Prefeitura de Volta Redonda segue trabalhando para diminuir os danos causados pela forte chuva que atingiu o município, no último domingo, dia 17. A Defesa Civil informou que aproximadamente 143 ocorrências foram registradas, entre alagamentos e deslizamentos. Para as pessoas que tiveram danos maiores, a prefeitura montou um abrigo no Ginásio da 249 prestando toda a assistências às famílias.

 

“Precisamos reforçar que ainda estamos em estado de atenção, visto que a previsão de tempo para os próximos dias é de chuva. Caso seja necessário vamos montar outro abrigo para as pessoas que foram prejudicadas pelas chuvas”, explicou o coordenador da Defesa Civil, Leandro Rezende, completando que o trabalho não parou desde domingo e que eles possuem três equipes nas ruas do município com agentes vistoriando ocorrências e monitorando as áreas.

 

Já na Secretaria Municipal de Infraestrutura cerca de 450 homens estão percorrendo diversos bairros da cidade retirando barro, limpando canaletas e bueiros, além de realizar trabalhos de capina, roçada e poda de árvores. Os trabalhos serão realizados até a próxima sexta-feira, dia 22.

 

Segundo o secretário Municipal de Infraestrutura, Toninho Oreste, nessa terça-feira a equipe atuou nos bairros: São Sebastião, Santa Rita do Zarur, Eucaliptal, Conforto, Vila Santa Cecília, Água Limpa, Santa Inês, Vila Rica/Três Poços, São Luiz, Siderlândia, Caieira e São Carlos. “Estamos percorrendo todos os bairros da cidade e só vamos parar quando todo o trabalho de limpeza e desobstrução das áreas atingidas for concluído”, disse o secretário.

 

De acordo com o secretário municipal de Ação Comunitária, Marcus Vinícius Convençal, equipes da secretaria continuaram referenciando as famílias que foram atingidas pelo temporal do domingo. “Até agora temos três famílias abrigadas, quatro adultos e cinco crianças. Hoje as equipes continuam nos bairros colorado, caeiras e cailândia, atendendo as necessidades dos moradores. Se houver necessidade, todas as famílias atingidas terão direito ao aluguel social ou poderão ser encaminhadas para abrigos”, explicou o secretário.

 

O diretor executivo do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Volta Redonda (Saae VR), José Geraldo Santos, o Zeca, explicou que finalizou a manutenção da rede de distribuição de água na noite da segunda-feira, dia 18, às 22h40. A manutenção foi realizada devido pelo rompimento de rede adutora ocasionada por queda de energia durante o temporal ocorrido na noite do domingo, dia 17. “Os trabalhos iniciaram ainda no domingo e perduraram até ontem devido à complexidade e profundidade do local. Só paramos quando o trabalho estava todo concluído”, comentou Zeca.

 

A secretária municipal de Educação, Rita Andrade, informou que após as ações necessárias, as três escolas atingidas (CMEI Gotinhas de Amor, Escola Municipal Juracy Varanda e a Escola Municipal Paulo Freire) retornaram às atividades normais nessa terça-feira.

 

O prefeito Samuca Silva ressaltou que toda a estrutura pública municipal está trabalhando desde o início do temporal e a orientação é que todas as pastas envolvidas atuem para minimizar os transtornos à população. “Essa resposta rápida para a população é importante para que as pessoas se sintam tranquilas e volte à vida normal o quanto antes. Quem mora em área de risco, peço que entre em contato com a Defesa Civil o mais rápido possível para que possamos fazer uma avaliação”, afirmou Samuca Silva.

 

Por Fátima Santos e Renan Ferreira com fotos de Gabriel Borges - SecomVR