Provas foram realizadas neste domingo em três colégios em Volta Redonda. Prefeito Samuca Silva visitou locais de prova

 

A manhã deste domingo, dia 13, foi decisiva para quase 1400 pessoas de várias partes do país.  Elas se inscreveram para disputar uma das 50 vagas destinadas a ampliação do quadro da Guarda Municipal de Volta Redonda. O prefeito Samuca Silva também chegou cedo para visitar os locais das provas. Na porta do Colégio Getúlio Vargas, no bairro Laranjal, ele encontrou centenas de pessoas, algumas ansiosas, que aguardavam para se dirigir à sala e responder às questões do concurso público, organizado pela FEVRE.

 

“É muito gratificante estar aqui e presenciar esse momento que o nosso governo está podendo oportunizar, inicialmente, para 50 homens e mulheres começarem uma nova carreira e assim poder contribuir para a segurança e organização da cidade. Além disso, são mais 50 oportunidades de trabalho, para que eles possam cuidar dignamente de suas famílias. Estou feliz em presenciar esse momento”, disse Samuca Silva.

 

A prova foi realizada também no Colégio Themis de Almeida, no Conforto, e no Colégio Delce Horta, no Aterrado. Para Gabriel Martins, que se inscreveu, a prova para o concurso foi muito aguardada. "Estou estudando para outros concursos, mas quando vi esse edital achei que seria uma boa oportunidade para entrar na Guarda de Volta Redonda. Agora é torcer parar passar. Se depender da boa sorte do prefeito estou bem (sorrisos). Se bem que ele estava desejando boa prova para todos e isso é muito legal. Mostra o quanto ele se dedica às questões da cidade até numa manhã de domingo”, disse.

Carla Athaide Lisboa de 24 anos e o namorado Jonathan Corrêa de 27 também se inscreveram para o concurso. “Eu e ele decidimos concorrer. Tomara que nós dois consigamos passar, mas se pelo menos um conseguir, já está ótimo e depois vamos pensar no casamento”, comentou Carla. 

 

“Estamos preparando a cidade para os próximos 20 anos. A Guarda Municipal tem grande importância na segurança da cidade e também no desenvolvimento da mobilidade urbana. Já realizamos concurso para a área de infraestrutura, área de assistência social e vamos realizar na área da educação. Nesse caso da Guarda, são inicialmente 50 vagas, mas até o fim de 2020, poderemos chegar a 200 vagas no total", finalizou o prefeito Samuca.

 

SecomVR