Guarda Municipal de Volta Redonda recebe capacitação

Profissionais estão realizando aula de defesa pessoal, através do projeto do Centro Municipal de Artes Marciais

 

A Prefeitura de Volta Redonda segue investindo na segurança pública, através de melhorias como capacitação para os profissionais da Guarda Municipal (GMVR). Por meio de parceria com a Secretaria de Esporte e Lazer (Smel), os guardas estão recebendo treinamento de defesa pessoal ministrado todas segundas e quartas-feiras na Arena Multiuso VR, na Ilha São João.

 

De acordo com o comandante da GMVR, Paulo Henrique Dalboni, além da necessidade de aprimoramento em relação à defesa pessoal, as aulas fazem parte de cumprimento a uma exigência da Polícia Federal. “É uma disciplina da matriz curricular nacional para formação de guardas municipais. Estamos disponibilizando para todos os guardas, obedecendo às escalas”, explicou Dalboni.

 

Quem ministra o treinamento é o professor Paulo Wesley, conhecido como Mestre Pagels. Segundo ele, a defesa pessoal ensinada aos guardas é 100% baseada no Jiu-Jitsu, incluindo as divisões Atemi Jitsu, que envolvem as partes traumáticas, e o Aiki Jutsu, que são as partes de torções.

 

“Eles vão aprender não só a se defenderem em primeiro lugar, mas também a fazer as abordagens, aprender como se portar perante uma situação urbana. A defesa pessoal dura para o resto da vida. Tem que ser praticada constantemente para estarmos preparados tanto fisicamente quanto mentalmente”, comentou Mestre Pagels.

 

A secretária municipal de Esporte e Lazer, Maria Paula Tavares, explicou que a aula para os guardas municipais é uma das ações pertencentes ao projeto do Centro Municipal de Artes Marciais (Cemam), que será instalado no Ginásio do Retiro.

 

“Uma vez por mês, vamos fazer as atividades da Guarda Municipal lá no Cemam, que foi iniciado através desse projeto com a Guarda. Em aproximadamente um mês, vamos iniciar as atividades no Ginásio do Retiro”, afirmou a secretária.

 

De acordo com o prefeito Samuca Silva, essa parceria entre GMVR e Smel permite melhor integração entre os profissionais e otimização dos recursos.

 

“Conseguimos viabilizar a capacitação em nossa própria estrutura e é muito importante essa colaboração entre as áreas do governo. A população só tem a ganhar”, afirmou o prefeito.

 

Por Raphael Martiniano, com fotos de Geraldo Gonçalves