Objetivo é orientar os motoristas contra o estacionamento irregular nas proximidades das escolas

 

A Guarda Municipal de Volta Redonda iniciou um trabalho de conscientização e de orientação na porta das escolas da rede municipal e das universidades contra o estacionamento irregular. O trabalho vem sendo feito pelos guardas integrantes da Patrulha Escolar. A campanha de fiscalização intensificada está sendo realizada em parceria com a direção dos centros universitários do município, que solicitaram esta ação ao Poder Público para disciplinar o uso dos estacionamentos corretamente no acesso às escolas.

  

A ação orienta os estudantes universitários e motoristas em geral que estão usando o estacionamento de maneira irregular em prejuízo da mobilidade urbana, com base no Código Brasileiro de Trânsito e na competência por Lei que a Guarda tem no controle do trânsito nas vias do município. Na semana passada, inspetores da Guarda, com apoio da Polícia Militar, realizaram ações de conscientização, fazendo orientações e advertências a 36 motoristas. Eles estavam estacionados irregularmente em frente a Universidade Geraldo Di Biase da Fundação Rosemar Pimentel( UGB-Ferp), nas ruas Coroados e Deputado Geraldo Di Biase, no Aterrado.

 

Na mesma noite, a Guarda Municipal, fez orientações e advertências a estacionamento irregular próximo ao ICT/Fasf (Faculdade Sul Fluminense) nas ruas Senador Alfredo Ellis e Alberto Cunha Rodrigues no bairro Jardim Amália. Cerca de 20 veículos estavam estacionados desrespeitando as leis de trânsito. A Patrulha Escolar deu continuidade a ronda nas portas das universidades, sendo advertidos por estacionamento irregular mais 23 veículos nas ruas Luiz Alves Pereira, Coroados e Geraldo Di biase no bairro Aterrado, perto da UGB/Ferp.

 

O comandante da Guarda, Dalessandro de Assis, comentou sobre os resultados alcançados até o momento. “Informo que está sendo visível a redução das infrações nestes locais, depois que a Guarda Municipal, atendendo a parceria e solicitações das universidades, vem interferindo no problema e orientando a todos, assegurando o uso correto do espaço público nas vias. Este trabalho de conscientização faz parte da educação no trânsito”, afirmou.

 

Por Afonso Gonçalves, fotos de divulgação, SecomVR