Cerimônia aconteceu na sede da corporação e contou com a presença de autoridades municipais e das forças de segurança pública

 

O guarda municipal Dalessandro de Assis assumiu na manhã desta sexta-feira, dia 28, o comando da Guarda Municipal de Volta Redonda (GMVR), que conta atualmente com cerca de 180 agentes. A cerimônia de troca de comando aconteceu na sede da Guarda, na Ilha São João, e contou com a presença do prefeito Samuca Silva, secretários municipais, representantes de autarquias e autoridades das forças de segurança, além de familiares do novo comandante. Paulo Henrique Dalboni, que estava à frente da corporação, assume como assessor especial da secretaria municipal de Segurança Pública, com objetivo de atuar estrategicamente no setor.

 

Durante seu discurso, o prefeito Samuca Silva lembrou de conquistas para a Guarda Municipal em seu governo, como investimentos em viaturas, capacitação, e investimentos na segurança pública em geral, como a criação da Cerca Inteligente.

 

“A Guarda, que faz tanto para todos nós, agora passa por uma modificação visando a segurança pública do cidadão. Volta Redonda, que tem se destacado em controlar os índices de segurança pública, mesmo sendo uma responsabilidade dos governos estadual e federal, investe através de sua secretaria de Segurança Pública. E é assim, no dia a dia, com muito trabalho, fazendo modificações e investindo em segurança é que vamos dar o conforto para a sociedade”, afirmou Samuca Silva.

 

A solenidade de passagem de comando teve início com apresentação da Banda Municipal e das autoridades presentes. O prefeito Samuca Silva, o secretário municipal de Segurança Pública, coronel Antônio Goulart, e o coronel Vinícius, representando o 5º CPA (Comando de Policiamento de Área), hastearam as bandeiras do Brasil, de Volta Redonda e do Governo do Estado, respectivamente. Em seguida, foi feita a apresentação dos hinos Nacional e de Volta Redonda.

 

Após assumir oficialmente o comando da Guarda Municipal, que contou com a assinatura do termo e a troca de insígnias, Dalessandro de Assis falou para a tropa e se emocionou durante seu discurso.

 

“O prefeito viu uma necessidade de oxigenação. Durante esse tempo que estou na Guarda, deu para adquirir experiência. Todo mundo tem algo a ensinar e a aprender. Aprendi muito com quem esteve e está aqui, e

pretendo deixar um pouquinho da minha contribuição também. Integração entre as forças, cada um fazendo seu papel. Aprendi uma coisa: somos uma equipe só. Sempre juntos em prol da população e em prol um do outro”, afirmou o novo comandante que tem 11 anos de Guarda Municipal e ficou dois anos e meio como coordenador-adjunto no Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública).

 

Paulo Henrique Dalboni, que agora assume um papel estratégico na Secretaria Municipal de Segurança Pública, fez um balanço das conquistas durante seu comando na Guarda. “Foi muito bom o período na Guarda, avançamos bastante, o prefeito Samuca deu total apoio à corporação, e lá na secretaria é um novo desafio. Vamos tentar fazer de tudo para que a gente afirme essa condição, consolide todo esse processo e se ajuste com as outras forças de segurança”.

 

Estiveram presentes ainda o coronel Alves, representando o 28º BPM, o delegado federal Pedro Paulo Simão, e o major Anderson, representando o 22º GBM (Grupamento de Bombeiro Militar).

 

Por Raphael Martiniano, com fotos de Evandro Freitas. / Secom-VR