Formatura aconteceu nesta quinta-feira, dia 30, o CRAS Irmã Terezinha de Barros, no Santa Cruz

 

O projeto Guarda Mirim, realizado pela Guarda Municipal de Volta Redonda em parceria com a secretaria municipal de Ação Comunitária (Smac), destinado a crianças e adolescentes de 8 a 15 anos de idade, formou nesta quinta-feira, dia 30, a 16ª Turma do projeto com 40 formandos. A solenidade aconteceu no Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) Irmã Terezinha de Barros no bairro Santa Cruz. Eles aprenderam noções de cidadania, educação no trânsito, primeiros socorros na saúde pública, prevenção contra as drogas,  entre outros.

 

O prefeito Samuca Silva, considera o projeto formador de cidadãos mais conscientes. “Essas crianças e adolescentes são orientados em conceitos fundamentados de cidadania. Somente vamos construir uma cidade melhor se continuarmos investindo nelas como prioridade. Isto é o que estamos fazendo na nossa gestão, ajudando a construir o futuro”, enfatizou Samuca. 

 

A formatura contou com a entrega de certificado pelo curso, realizado de 7 de fevereiro até 30 de maio, com uma carga horária total de 60 horas. Estiveram presentes na solenidade, o secretário municipal de Ação Comunitária, Marcus Vinicius Convençal; a diretora do departamento de Proteção Social Básica, Thaís de Oliveira Alexandre; a coordenadora do Cras, a psicóloga Liliane Martins; a assistente social, Amanda Silva Fernandes; a responsável pelo curso de formação, a guarda municipal Priscila Monteiro; e o inspetor GM Anderson Catheringer, que representou o comandante da Guarda, Paulo Henrique Dalboni.

 

O secretário municipal de Ação Comunitária, Marcus Convençal, elogiou a dedicação da equipe do CRAS e incentivou a comunidade a usar mais o espaço, apresentar sugestões de interesse de políticas públicas. “Este espaço público é de vocês, da comunidade. É uma porta de entrada para os serviços oferecidos pela prefeitura. O curso é importante para que os alunos sejam bons filhos, respeitem os pais e as pessoas mais velhas, sejam bons cidadãos, conheçam seus direitos e deveres”, afirmou.

 

A GM Priscila Monteiro destacou a formação desta turma de Guardas Mirins na gestão do prefeito Samuca, que relançou o projeto e já beneficiou cerca de 250 crianças e adolescentes. “O importante é fazer a inclusão desses jovens. Durante 4 meses, eles receberam ensinamentos, orientações, um vasto conhecimentos de educação no trânsito, prevenção ao uso de drogas pela Coordenadoria Municipal de Prevenção às Drogas, ações de saúde pública com os primeiros socorros. Eles serão multiplicadores de opinião dos conhecimentos que adquiriram no meio familiar, escola e na própria comunidade”, disse Priscila.

 

A coordenadora do CRAS Santa Cruz, Liliane Martins, falou dos benefícios da participação dos jovens no curso de formação de Guarda Mirim. “O curso contribuiu para que eles tivessem uma vivência de coisas diferenciadas, importantes na formação dessas crianças e jovens. A maioria dos alunos são de famílias que já fazemos o acompanhamento com os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. O CRAS do Santa Cruz atende a cerca de 3.600 famílias dos bairros Santa Cruz e Santa Rita do Zarur, informou Liliane.

 

Familiares das crianças elogiaram o curso. A mãe de Emily Conceição Almeida Silva, 9 anos, dona Alexandra Conceição Silva, estava orgulhosa da filha que foi aluna destaque na formatura. Elanne Mendes Binhoti (mãe), e os tios Marco Antonio Duarte e Vilma Mendes Binhoti foram prestigiar a formatura de Luna Mendes Binhoti, de 12 anos. “A orientadora Priscila, da Guarda Municipal, ensinou coisas importantes para o futuro da minha filha. A família está muito grata a ela, à Smac, e à equipe do CRAS pela oportunidade do curso”, disse Elanne.

 

Por Afonso Gonçalves, com fotos de Gabriel Borges - SecomVR