Saae-VR investe R$ 5,6 milhões em melhorias em 2018

Autarquia promoveu diversas intervenções e construções que beneficiaram a população, e planeja mais para o ano que vem

 

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Volta Redonda (Saae-VR) fecha o balanço do ano de 2018 com cerca de R$ 5,6 milhões em investimentos em melhorias para a população e seus funcionários, somados recursos próprios e obtidos por meio de parcerias. Dentre as ações estão novas redes de água e de esgoto, além de obras civis como construções e reformas de elevatórias, estações de tratamento, entre outras.

 

De acordo com o gerente técnico do Saae-VR, o engenheiro Sérgio Meira Silva, foram construídos em 2018 mais de 8km de rede de água potável, com investimento de R$ 1,8 milhão, beneficiando mais de 6 mil famílias.

 

“No núcleo Terra Vermelha, por exemplo, são 30 famílias que tem sempre dificuldade no abastecimento, principalmente no verão, porque a água não chega. A gente fez uma alternativa de abastecimento, colocamos outro sistema para funcionar para eles com um investimento de aproximadamente R$ 280 mil e resolvemos o problema de falta d’água”, explicou Sérgio, citando ainda construções de rede de água no bairro Três Poços e em núcleos de ocupação no Retiro e na Água Limpa, somando quase R$ 900 mil.

 

Esses últimos núcleos também foram contemplados com construção de rede de esgoto. No total, o Saae-VR investiu neste ano cerca de R$ 670 mil em diversas áreas da cidade, beneficiando mais de 180 famílias com a construção de 1,6 km de rede de esgoto.

 

“Tínhamos um problema crônico na Rua Vereador Acácio da Rocha, no Açude, uma rua importante no bairro. Trocamos 420 metros de rede de esgoto para acabar com o problema de obstrução”, comentou o engenheiro, lembrando que o Açude também teve toda a rede de água substituída.

 

 

Investimento em obras civis beneficiaram quase 30 mil famílias

 

Além de novas redes de água e esgoto, o Saae-VR também realizou melhorias por meio de obras civis que somaram mais de R$ 3 milhões em investimentos. O gerente técnico Sérgio Meira destacou a construção da elevatória de esgoto sanitário do bairro Conforto, que beneficiou mais de 15 mil famílias através de um investimento de R$ 1,5 milhão.

 

“Bairros próximos como Morada da Granja, São Cristóvão, parte do Eucaliptal, parte do Conforto, São Lucas, antes não tinham esgoto tratado. Fizemos a estação de bombeamento, o esgoto cai todo nela e é bombeado para a estação de tratamento ETE Gil Portugal”, explicou o engenheiro.

 

As obras civis também contemplaram reformas e automações de reservatórios de água, construção de elevatórias de esgoto e de água, além de muros de contenção, reforço estrutural de redes de distribuição, entre outras. O diretor-presidente do Saae-VR, José Geraldo Santos, o Zeca, destacou ainda o trabalho de tapa-buracos em ruas e calçadas que vem sendo realizado pelo próprio Saae.

 

“O Saae abria o buraco para consertar um vazamento, por exemplo, e dependia da secretaria de Infraestrutura (SMI) para recapear, e as demandas deles são muitas. Contratamos o serviço de recomposição asfáltica, permitindo uma ação mais rápida. Em todas as intervenções do Saae, a própria autarquia executa a recomposição, seja nas ruas ou nas calçadas”, explicou Zeca.

 

O diretor citou ainda o investimento em melhorias para o funcionalismo do Saae-VR em 2018, como a admissão de 45 novos funcionários concursados e de 19 jovens aprendizes, e a ampliação do refeitório dos funcionários. “Não só ampliou o espaço, como foi contratada uma firma que fornece uma alimentação com mais qualidade, acompanhada por nutricionista”.

 

Melhorias continuarão em 2019

 

Para o próximo ano, o Saae-VR também está planejando mais investimentos. Um deles é para o bairro Açude que deve ganhar um reservatório de 1,5 milhão de litros de água, com previsão para o primeiro semestre de 2019.

 

“Conseguimos recursos da Agevap (Agência da Bacia do Rio Paraíba do Sul) para retirar todo o esgoto do Córrego Santa Rita e colocar para tratamento. Recursos da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) para levar água para o Núcleo Santa Bárbara, no Roma. Temos um convênio com o Fecam (Fundo Estadual de Conservação Ambiental e Desenvolvimento Urbano) e ainda resta em torno de R$ 9 milhões a serem repassados. A previsão é que essa verba venha no início de 2019 e vamos usar para a construir uma estação de tratamento de esgoto no bairro Três Poços”, contou Zeca, citando ainda que outros projetos estão previstos como a construção de 3,5km de adutora do bairro Voldac até o São Luiz.

 

O prefeito Samuca Silva ressaltou a importância das parcerias para a realização das melhorias na cidade e comentou sobre os bons resultados obtidos pelo Saae em investimentos para a população e para os funcionários da autarquia.

 

“Fizemos o projeto e foi aprovada a Lei 5.453/2018 que trata do regime jurídico dos servidores do Saae, que antes eram regidos por resolução e agora têm seus direitos e deveres regulamentados por lei. Conquistamos muitas parcerias que nos ajudaram a recuperar e melhorar o acesso da população à água e ao tratamento de esgoto. Temos muitos investimentos a serem feitos ainda em 2019 e vamos continuar trabalhando por mais resultados positivos”, afirmou Samuca Silva.

 

Por Raphael Martiniano, com fotos de arquivo / SecomVR