STMU iniciou a marcação de 600 metros que vai do retorno do bairro São Geraldo (próximo ao posto AP) até a faixa elevada em frente ao Shopping Park Sul

 

A Prefeitura de Volta Redonda está fazendo uma marcação viária, com pintura de duas faixas de rolamento, na Rodovia dos Metalúrgicos, próximo ao Shopping Park Sul, onde será implantada também uma ciclofaixa. Com a ação, realizada pela Secretaria Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana (STMU), o poder público está cumprindo mais uma etapa do plano cicloviário que tem o objetivo de criar um sistema que conecte toda a cidade.

 

Serão mais 600 metros de marcação que vai do retorno do bairro São Geraldo (próximo ao posto AP) até a faixa elevada em frente ao Shopping Park Sul. Esse trecho na Rodovia dos Metalúrgicos fará a ligação futuramente com a região sul da cidade. A próxima etapa para dar continuidade à implantação da ciclovia na cidade será a pintura das faixas no bairro Voldac, que ligará o bairro Santa Cruz até o Aterrado e, posteriormente, do Aterrado até a Ponte Alta.

 

O secretário municipal de Transporte e Mobilidade Urbana, Rogério Loureiro, explica que a ciclovia vem sendo implantada primeiramente nos locais com menos intervenções. “Estamos avançando gradativamente na construção do projeto da ciclovia. Quando terminarmos essa etapa, será a vez de ligar os locais com grandes intervenções. Atualmente, temos em media 15 quilômetros já estabelecidos de ciclovia, que ficam na Beira-Rio, Conforto, Santa Cruz, Laranjal e Avenida Integração, no bairro Aterrado”, disse o secretário.

 

Serão 42 quilômetros de ciclorrotas – que são as vias onde clicistas e motoristas dividem a mesma pista, com preferência para a bicicleta – conforme legislação federal, ligando todos os pontos da cidade.

 

O prefeito Samuca Silva ressaltou a importância da implantação das ciclos - que são divididas entre ciclorrota, ciclovia e ciclofaixa - para a mobilidade urbana. “Estamos implantando na cidade um novo conceito que estimula as pessoas a usarem meios de locomoção sustentável, como a bicicleta. Vamos integrar toda a cidade nesse sistema. Nesse momento de pandemia esse meio de transporte passa a ser mais importante ainda, pois evita a aglomeração nos transportes públicos”, disse o prefeito.

 

As ciclorrotas, feitas através de pintura indicativa, são utilizadas em vias mais calmas, onde conseguem conviver ciclistas e automóveis. Já as ciclofaixas são feitas em vias com fluxo maior, onde é separado o ciclista dos automóveis através de uma faixa. Já as ciclovias são áreas onde há uma segregação total, como é na Avenida Beira Rio, entre carros e ciclistas.

 

Por Secom VR