Além das medidas de proteção contra o novo coronavírus, foi observado o estado de conservação dos veículos

 

A Prefeitura de Volta Redonda intensificou a fiscalização periódica do transporte público municipal desde o início da pandemia da Covid-19, no mês de março, com foco nas medidas de proteção contra a doença. Nesta quinta-feira, dia 18, a ação foi realizada em ponto de ônibus próximo à rotatória recém implantada na Avenida Alfredo Moreira, no bairro Santo Agostinho. O trabalho continua na próxima semana em locais com maior circulação de passageiros no município.

 

Os fiscais da Secretaria Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana (STMU) verificam a sanitização dos ônibus; o uso da máscara, obrigatório para passageiros e operadores do transporte público; e fazem uma análise razoável da lotação dos carros para evitar o contágio pelo novo coronavírus. Além disso, a equipe também observa o estado de conservação dos veículos, incluindo acentos, pneus e vidros, ação rotineira mesmo antes da pandemia da Covid-19.

 

O secretário Rogério Loureiro informou que a fiscalização do transporte público se tornou ainda mais importante com a retomada das atividades econômicas e, por consequência, o aumento da circulação de pessoas. “Acreditamos que o serviço tem dado resultados positivos. Não identificamos passageiros ou funcionários das empresas sem máscara. Além disso, verificamos que a higienização dos carros melhorou do início da pandemia para hoje”, falou.

 

O prefeito Samuca Silva afirmou que era esperado o aumento do número de passageiros do transporte público com a flexibilização das medidas restritivas contra o novo coronavírus. “E precisamos garantir transporte seguro para essas pessoas que retornaram aos postos de trabalho. O uso de máscaras e a higienização das mãos e dos veículos são fundamentais e cabe ao poder público fiscalizar”, disse Samuca, reforçando que, quem puder, deve ficar em casa. “O isolamento social ainda é a medida mais eficaz de prevenção à Covid-19”.

 

Secom/VR com fotos de Evandro Freitas