Com foco no combate ao Novo Coronavírus, ação visa verificar a lotação do transporte coletivo e o cumprimento dos horários

 

Como medida preventiva à transmissão do Novo Coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de Volta Redonda realizou mais uma ação de fiscalização e orientação nos ônibus da cidade para verificar o cumprimento do Decreto nº16084 sobre a superlotação do transporte público.  A determinação é que circulem apenas passageiros sentados nos veículos, com espaçamento de um banco, além do cumprimento dos horários. Durante o fim da tarde desta quarta-feira, dia 25, foram fiscalizados mais de 50 ônibus.

 

A ação foi realizada pela Secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana (STMU) em conjunto com a Secretaria de Fazenda (SMF), Vigilância Sanitária, Guarda Municipal (GMVR), Secretaria Extraordinária de Segurança Pública (SESP) e Polícia Militar. Segundo dados da fiscalização levantados pela SMTU e SMF, cerca de 90% dos ônibus parados não cumpriam a determinação do decreto.

 

“Os serviços essenciais não param e, para fiscalizar o cumprimento dessas novas medidas, uma equipe treinada da prefeitura está realizando essas ações que visam evitar que haja aglomerações e superlotação no transporte coletivo. Determinei, através de decreto, que o não cumprimento dessas medidas acarreta multa para as empresas”, explicou o prefeito Samuca Silva, informando que essa foi a segunda fiscalização da semana.

 

O secretário de Fazenda, Fabiano Vieira, destacou a importância do trabalho de prevenção. “Estamos passando por um momento delicado. Nosso objetivo é preservar a vida das pessoas. Gostaria de agradecer às equipes e dizer que, com a união de todos os fiscais da prefeitura, estão desempenhando um ótimo trabalho no cumprimento do decreto e determinação judicial. A prevenção é melhor forma de evitar que o vírus se propague”, enfatizou.

 
Secom VR com fotos