Os equipamentos ficavam na entrada do bairro 249; na Morada da Granja, na divisa com Barra Mansa; e no Jardim Amália

 

A Prefeitura de Volta Redonda consultou o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e fez a retirada de quatro radares do trecho urbano municipalizado da BR-393 durante o último fim de semana. O trecho da rodovia, que vai do bairro Santa Inês, divisa de Volta Redonda com Barra Mansa, até o bairro Jardim Amália I, passou para administração municipal em janeiro de 2019. Os equipamentos de radar ficavam na entrada do bairro 249; na Morada da Granja, já na divisa com Barra Mansa; e no Jardim Amália.

 

O prefeito Samuca Silva lembrou que o município assumiu, há pouco mais de um ano, o trecho urbano da rodovia após negociação com o Ministério dos Transportes, em Brasília. “Fui diversas vezes ao ministério para conversar e o resultado foi muito positivo para a mobilidade urbana do município”, acredita o prefeito, lembrando que o sucesso da negociação está ligado à inauguração da Rodovia do Contorno, que tirou cerca de nove mil veículos que trafegavam diariamente por dentro da cidade. 

 

Além de melhorar a mobilidade urbana, com a prefeitura assumindo a administração deste perímetro, foram criadas novas vagas de estacionamento e ainda será possível pensar na implantação de ciclovias neste trecho.

 

Secom/VR