Fundação Beatriz Gama ganha grafites em salas de recreação

Espaços estão sendo reformados para diversão e entretenimento de crianças de zero a três anos

 

Nesta segunda-feira, dia 26, a Fundação Beatriz Gama, recebeu dois artistas visuais de grafite para ornamentar as salas de recreação da instituição. Os espaços estão sendo reformados para diversão e entretenimento de crianças de zero a três anos. Além das salas de recreação, outros espaços da FBG estão sendo ornamentados, como a sala de informática.

 

De acordo com a presidente da Fundação Beatriz Gama, Cláudia Dornellas, espaços lúdicos além de divertidos, também ajudam no desenvolvimento das crianças. “Vai ficar um lugar acolhedor e prazeroso para nossas crianças. Isso é importante, porque até o espaço físico influencia no desenvolvimento delas e, da mesma forma, contribui para transformar o período de acolhimento e afastamento do convívio familiar em momentos mais alegres e mais leves”, contou.

 

Cláudia disse ainda que até os brinquedos foram pensados no intuito de promover o desenvolvimentos das crianças. “Nossa equipe técnica escolheu a dedo os brinquedos que irão compor o espaço. Tudo pensando no melhor para as nossas crianças”, informou Cláudia.

 

Um dos artistas que está fazendo os desenhos no local contou que tem uma longa história com a FBG. “Na década de 80, minha mãe adotou uma criança da Fundação, que viveu com a gente até a maioridade. O trabalho desenvolvido aqui é belíssimo, porque cuidar não é para qualquer um e quando eu faço minha arte aqui, eu participo desse cuidar”, contou o artista visual Rick Fire.

 

Por Ana Maria Mansur, com fotos Gabriel Borges